FALSA

Falsa lista de deputados piauienses que votaram contra a devolução do Fundo Partidário no combate à Covid-19

Por: Wanderson Camêlo

Diante da crise envolvendo a pandemia do coronavírus, especulou-se até o direcionamento do fundão eleitoral de R$ 2 bilhões para incrementar as ações de combate à problemática. O Partido Novo encabeça o projeto e, inclusive, já tentou promover o remanejamento do “fundão” via Justiça. O pedido, no entanto, foi negado pelo ministro Luis Felipe Salomão, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), nesta segunda-feira (06). Ou seja, não houve votação na Câmara Federal que acabou vetando a destinação dos R$ 2 bilhões para a Saúde – ao contrário do que diz mensagem que circula em grupos de WhatsApp.

Informações circulando em grupos de WhatsApp

No conteúdo fraudulento, inclusive, consta uma lista de deputados federais piauienses que teriam votado contra o remanejamento do fundão. Estão presentes: Assis Carvalho (PT); Flavio Nogueira (PDT); Iracema Portella (PP); Margarete Coelho (PP); Marina Santos (Solidariedade); Merlong Solano (PT) e Rejane Dias (PT).

COAR verificou as informações constadas na mensagem:

O primeiro detalhe a ser observado nessa relação é que Merlong Solano não ocupa mais vaga no parlamento federal; hoje é secretário de Estado da Administração e cedeu espaço a Paes Landim. Vale lembrar que a vaga é de Fábio Abreu, secretário de Segurança do Estado do Piauí.

O segundo ponto é que dentre os parlamentares piauienses listados, Iracema Portella, por exemplo, já se colocou favorável não só à aplicação da verba eleitoral bilionária no combate da pandemia de coronavírus, como ao adiamento das eleições deste ano.

“Sou totalmente favorável ao adiamento, por dois anos, das eleições. Acho que o partido deveria propor a doação do fundo eleitoral, que é no valor de R$ 2 bilhões, mais o custo do dia da eleição, que é de mais de R$ 2 bilhões […]”, escreveu ela em publicação feita no seu perfil pessoal no Instagram, datada de dia 23 de março.

Perfil da deputada Iracema Portella

O conteúdo falso acrescenta que: “Somente dois deputados votaram sim – pela devolução: – Átila Lira – PSB e Marcos Aurélio Sampaio – MDB. O julgamento fica por conta de cada um. Afinal, aí está a representação do Piauí, eleita para defender o interesse do povo. Para reflexão: Seu interesse foi atendido?”.

Convém acrescentar que o presidente Jair Bolsonaro sancionou a Lei Orçamentária Anual de 2020 com o fundo eleitoral de R$ 2 bilhões ainda no dia 17 de janeiro deste ano. Não houve vetos.

Portanto, ao se deparar com tal informação falsa, a COAR recomenda: Ignore! Por favor, não compartilhe!

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: