#LEVANTAMENTO

Levantamento mensal de informações sobre o Governo do Piauí

Diante de tantas desinformações que circulam nas redes sociais do Piauí, a COAR decidiu lançar uma matéria especial com um infográfico em comemoração há um mês de seu lançamento. O conteúdo comemorativo consta com notícias verificadas sobre o Governo do Estado. O material possui informações falsas sobre o governo, ou seja, comentários infundados contra a gestão estadual. E também checagens de conteúdos imprecisos ou que geraram controvérsias de ações promovidas pelo governo.

Elaborado por nosso designer gráfico André Victor

1- #FALSA suposta notícia que o governo cortaria pela metade salário dos servidores (28 de março)

Uma notícia totalmente fabricada viralizou nas redes sociais no mês de março, dando conta de que o governo do Estado iria cortar pela metade o salário dos servidores. Não passou de fake news. Inclusive o conteúdo manipulado usou indevidamente a logo do Portal G1 para ludibriar a população. O próprio chefe do executivo estadual, Wellington Dias, tratou de desmentir a matéria mal-intencionada, que usou cópia da página do portal G1 para tentar passar credibilidade.

2- #ENGANOSAS informações sobre espaços para construção de hospitais de campanha. Governo do Piauí não alugou o Verdão (2 de abril)

A COAR teve acesso a uma mensagem compartilhada em grupos de WhatsApp, que informava sobre a concessão de alguns espaços para a construção de hospitais de campanha em Teresina. Segundo apuração da COAR, a informação era enganosa em vários aspectos, pois distorcia informações oficiais da Prefeitura de Teresina e do Governo do Estado. Primeiramente era infundada a informação de que o governador Wellington Dias iria alugar o Ginásio Esportivo Dirceu Arcoverde, o Verdão. A verdade é que a posse do espaço continua sendo do Governo.

3– #IMPRECISOS áudios, vídeos e mensagens que denunciam carros estaduais parados no QCG (9 de abril)

 Um vídeo mostrando carros estaduais, destinados às ações de combate à Covid-19, parados no pátio  do Quartel do Comando Geral da Polícia Militar do Piauí (QCG), viralizou em grupos de WhatsApp.  O conteúdo  vinha acompanhado de mensagens criticando o governo por deixar a frota da administração estadual no local. Embora a imagem do vídeo seja verdadeira, as mensagens que circularam juntamente com o conteúdo eram contraditórias e imprecisas. Elas não esclareciam informações sobre as medidas que vêm sendo adotadas para combater à pandemia no Estado e insinuavam que os carros eram alugados.

4- #FALSO: Áudio alertando sobre máscaras contaminadas distribuídas no Piauí (20 de abril)

Uma mulher – não identificada – gravou um áudio que repercutiu rapidamente nas redes de compartilhamento. Na gravação era afirmado que máscaras contaminadas, vindas da China, estavam sendo distribuídas em residências por profissionais de postos de saúde. A nossa equipe entrou em contato com a Secretária de Estado da Saúde do Piauí (SESAPI), que garantiu que a informação é falsa, pois a distribuição de equipamentos de proteção individual pelos agentes não estava acontecendo de forma alguma.

A COAR também entrevistou o doutorando em Biologia Parasitária, Raimundo Leoberto, que esclareceu que o vírus só sobrevive no interior das células. Considerando ainda a logística envolvida para transportar uma carga entre a China e o Brasil, o tempo de chegada no destino seria de aproximadamente uma semana. Além disso, o vírus experimentaria variações bruscas de temperatura, o que impossibilitaria sua sobrevivência.

5- #DEOLHO: Uso de imóveis particulares no combate à pandemia? (9 de abril)

 A publicação da matéria “Governador do Piauí autoriza servidores a esvaziar casas e desapropriar imóveis” do site O Antagonista, fez com que a decisão do governador Wellington Dias ganhasse maior destaque em âmbito nacional. Diante da repercussão, a COAR analisou o documento junto com o  secretário de Estado da Defesa Civil, Geraldo Magela. O secretário pontuou que a autorização de uso de propriedade particular é somente em caso de extrema necessidade.

6- #VERDADE: Diretores irregulares em Unidades Penais do Piauí. Picos é a situação mais agravante (13 de abril)

Há mais de dez anos, a Associação dos Policiais Penais do Estado do Piauí (Agepen-PI) vem lutando bravamente para denunciar casos de diretores ilegais em unidades penais do Piauí. Existe uma ação popular, que tramita no Tribunal de Justiça do Piauí(TJ-PI) há alguns anos para determinar a anulação de várias nomeações de diretores ilegais em penitenciárias no Estado em desacordo com a Legislação vigente.

No Piauí, a COAR apurou e elencou nomeações irregulares em Bom Jesus, Picos, Oeiras, Parnaíba e Floriano. Embora em Picos, a situação seja mais agravante. Já que houve uma troca de cadeiras entre o ex-diretor, Diego Gonçalves Nunes Silva, e a sua esposa, Rayane Pio Leal, atual diretora da Penitenciária Feminina Adalberto de Moura Santos.

7- #DEOLHO: Contratos sem licitação de aluguel e compra de ambulâncias no Piauí são permitidos? (17 de abril)

O anúncio do aluguel de 10 ambulâncias a um custo de R$1.104.000,00 e da compra de mais 30, provocou mais uma enxurrada de comentários negativos quanto à forma como a gestão estadual está administrando o dinheiro público.

De fato, a informação é verdadeira, tendo sido publicada no Diário Oficial no dia 13 de abril. Conforme informações coletadas no site da Secretaria do Estado da Saúde do Piauí (Sesapi), serão cinco ambulâncias do tipo B (Ambulância de suporte básico) e cinco ambulâncias do tipo D (Ambulância de suporte avançado). O custo mensal das dez ambulâncias será de 184 mil reais para transporte de pacientes infectados aos hospitais interestaduais. A empresa contratada oferece serviços de ambulância para o Piauí desde 2013.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: