#IMPRECISA

VERIFICAMOS: Brasil não é o segundo maior país com maior número de curados devido protocolo da cloroquina

Desde maio, imagens e textos circulam na internet atribuindo a mudança do protocolo de cloroquina, utilizado pelo Ministério da Saúde, como a responsável pelo Brasil está em segundo lugar com maior número de curados de Covid-19 no mundo. A COAR checou essas informações e verificou que a interpretação atribuída a esses dados é IMPRECISA e explica o porquê.

Imagem circula em várias redes sociais

Vários portais de âmbito nacional divulgaram a informação acima atrelando a questão do uso do protocolo com cloroquina ao número elevado de curados no país: R7.com; ND Mais; Pleno.news; Sbnotícias; Top mídia news; Hcnotícias; Surgiu; Farol da Bahia e Portal do Generoso.

É verdade que o Brasil é o segundo país com maior número de recuperados da Covid-19 com 302.084 curados, segundo dados divulgados nesta segunda-feira (8). O país perde na estatística, apenas para os Estados Unidos. Contudo o dado não é tão animador quanto aparenta. Apesar dos números empolgarem, a realidade é melhor demonstrada, observando o percentual de curados que cada país possui em relação ao Covid-19. A COAR elenca esses resultados e faz um comparativo com os países com maior número de casos no mundo.

Alemanha – 91,2% das pessoas que contraíram o Covid-19 foram curadas (169.549 curados)

Irã – 78,4% das pessoas que contraíram o Covid-19 foram curadas (136.360 curados)

Itália – 70,8% das pessoas que contraíram o Covid-19 foram curadas (166.584 curados)

Espanha – 62,2% das pessoas que contraíram o Covid-19 foram curadas (150.376 curados)

Índia – 48,5% das pessoas que contraíram o Covid-19 foram curadas (124.430 curados)

Rússia – 48,4% das pessoas que contraíram o Covid-19 foram curadas (230.688 curados)

Peru – 44,8% das pessoas que contraíram o Covid-19 foram curadas (89.556 curados)

Brasil – 43,5% das pessoas que contraíram o Covid-19 foram curadas (302.084 curados)

EUA – 26,5% das pessoas que contraíram o Covid-19 foram curadas (529.742 curados)

Reino Unido – Não divulga o número de recuperados.

Como é possível verificar, a lista apresenta que o Brasil, em números absolutos, consta com um bom percentual de pessoas curadas, porém é importante uma análise mais profunda sobre os dados de pessoas infectadas. Conforme dados apresentados, mais da metade dos pacientes que contraíram Covid-19 no país estão doentes ou morreram. Enquanto em países como a Alemanha, mais de 90% dos infectados já estão curados.

Milagre da Cloroquina?

A imagem analisada possui a frase “Após protocolo da Cloroquina, Brasil se torna o segundo país do mundo em curados da Covid-19”. Segundo dados divulgados pelo Ministério da Saúde, até o dia 19 de maio, 106.794* brasileiros haviam sido curados, embora com 271.628 casos confirmados. No dia seguinte, o país mudou o protocolo da cloroquina, onde autorizou o uso do remédio em pacientes nos primeiros estágios da doença. Os dados são estes:

  • Antes da Cloroquina: 271.628 casos confirmados e 106.794 curados (39,3%)*
  • Após o uso da Cloroquina: 694.116 casos confirmados e 302.084 curados (43,5%)

O percentual dos curados após a utilização da cloroquina realmente aumentou. No entanto, há então uma relação direta entre o uso da cloroquina e o número de curados? Para compreendermos melhor se essa relação é válida. Para maiores informações, a COAR consultou o infectologista Dr. Carlos Henrique Nery Costa, que explicou que os dois estudos mais recentes no mundo, apontaram que não havia nenhum efeito da cloroquina no tocante a melhorar a sobrevida e o bem estar dos pacientes quanto ao novo coronavírus.

Se não há uma relação direta, então por que após a mudança no protocolo mais pessoas foram curadas? O Dr. Carlos Henrique Nery Costa explica:

“Primeiro, o Brasil é um dos países que tem mais casos no mundo. Segundo é um dos países que mais usam (a cloroquina) no mundo, com patrocínio da presidência da república. É um país que ousou contrariar as recomendações médicas. Isso explica o porquê de ter tantas pessoas “curadas”, que foram tratadas com a cloroquina no país”, finaliza.

*Número atualizado de acordo com as revisões feitas pelo Ministério da Saúde.

Escrito por: Guilherme Cronemberger, Assislene Carvalho e Marta Alencar

Referências da Coar:

  1. R7
  2. ND Mais
  3. Pleno News
  4. SBT Notícia
  5. Top Mídia
  6. HC Notícia
  7. Surgiu
  8. Farol da Bahia
  9. Portal do Generoso
  10. Ministério da Saúde

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: