#DEOLHO

VERIFICAMOS informações sobre primeiro óbito de Covid-19 no município de Sigefredo Pacheco

A COAR está acompanhando os desdobramentos a respeito do falecimento de um jovem que deu entrada, no domingo (07), no Hospital Regional de Campo Maior. O jovem apresentava vários sintomas, entre eles, falta de ar decorrente de um problema de garganta (um dos sintomas de Covid-19). A morte do jovem causou grande repercussão na cidade.

Uma postagem feita pela página oficial da Secretaria de Comunicação de Sigefredo Pacheco no Facebook notificando a morte do jovem como tendo sido acometida pelo novo coronavírus gerou inúmeros comentários e compartilhamentos de usuários e dos seus familiares, criticando a notificação e o Boletim Epidemiológico do município, que foi divulgado na terça-feira (09). As informações sobre esse caso ainda estão sendo apuradas, a COAR está DE OLHO monitorando novos dados que possam surgir.

O paciente – natural de Sigefredo Pacheco, chegou a ser encaminhado ao setor do hospital regional de Campo Maior, onde são atendidos pacientes contaminados, mas veio a falecer no mesmo dia. Um exame laboratorial atestou que ele foi acometido pela Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

Boletim epidemiológico de Sigefredo Pacheco informando o primeiro óbito de Covid-19

Em meio à enxurrada de críticas, também foram disseminadas informações imprecisas sobre o caso.

Na página da Secretaria de Comunicação do município, vários moradores e familiares do jovem classificaram a postagem como “fake news”. Segundo eles, o paciente veio a óbito por outra doença, e não por complicações causadas pela Covid-19. Há um mês, o pai do jovem também contraiu o vírus, mas conseguiu se recuperar e hoje faz parte dos números de pacientes confirmados e curados.

Primeiro paciente curado de Covid em Sigefredo Pacheco é pai do jovem

A COAR teve acesso ao áudio de uma moradora de Sigefredo Pacheco – não identificada, que relata que o jovem veio a falecer devido um câncer:

Teve um senhor que testou positivo, que mora no limite entre Sigefredo Pacheco e Jatobá do Piauí. Quando ele testou positivo, disseram que era o primeiro caso de Sigefredo Pacheco, ficaram brigando os dois secretários, o de Jatobá e o de lá. No fim disseram que o homem era de Sigefredo, porque ele é nasceu lá. O filho dele, que já fazia tratamento desde 2015 de câncer na garganta, fez o teste para saber se estava contaminado também. Mas o primeiro teste deu negativo. Em seguida, ele ficou internado no hospital por causa desse câncer, mas acabou falecendo. Mas no boletim de óbito está que ele morreu por causa do câncer e não por causa da Covid-19. Mas o boletim da Prefeitura informa o contrário.

O primeiro caso confirmado de Covid-19 em Jatobá do Piauí foi registrado no sábado (06) e trata-se de uma mulher de 47 anos. Já o primeiro caso confirmado da doença em Sigefredo Pacheco aconteceu no dia 05 de maio, justamente do senhor de 67 anos, pai do jovem de 31 anos que faleceu no Hospital Regional de Campo Maior no início desta semana, residente no limite entre os municípios citados no áudio. Ele descobriu que tinha Covid-19 em uma UBS de Jatobá do Piauí, mas seu caso não foi contabilizado no boletim do município, que passou a ser divulgado com essa observação, pois apenas o teste para coronavírus foi realizado lá.

Boletim epidemiológico de Jatobá do Piauí

De acordo com a secretária municipal de saúde de Sigefredo Pacheco, Ana Beatriz Pereira, o material para a realização de exames laboratoriais foi coletado após o óbito do jovem, que ocorreu no domingo. Mas apenas nesta terça (09) apontou positivo para coronavírus. Ele possuía algumas comorbidades, no entanto a secretária não teve acesso ao prontuário do paciente, somente ao resultado do teste de Covid-19. A notificação de casos é feita pelo sistema E-SUS. Todos são encaminhados independentes de onde tenha sido realizado o teste.

O assessor técnico do município de Sigefredo Pacheco, Jerry Lima, relatou à equipe da COAR que só soube do óbito no domingo, e que o paciente havia dado entrada no Hospital Regional de Campo Maior, apresentando sintomas de Covid-19. No local, foi realizado um teste rápido, que apresentou resultado negativo para o novo coronavírus. Após o falecimento do jovem foi feita coleta de material para o exame de PCR, mas somente na terça se confirmou o resultado positivo para Covid-19, através de dados divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (SESAPI).

A COAR entrou em contato com os familiares do jovem para saber mais informações a respeito do caso. Além de ter tentando por inúmeras vezes contato com a direção do Hospital Regional de Campo Maior, mas não obteve respostas até o fechamento da publicação. Caso haja retorno a matéria será atualizada com mais detalhes.

Escrito por: Ilrianny Alves, Guilherme Cronemberger e Wanderson Camêlo

Edição: Marta Alencar

Referências da COAR:

  1. Facebook Secom Sigefredo Pacheco
  2. Instagram Secretaria de Saúde de Jatobá do Piauí

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: