#FALSA

Tratamento retal anunciado pelo prefeito de Itajaí não é eficaz

Em meio a diversas tentativas de busca por uma cura para o novo coronavírus, o que repercutiu nesta terça-feira (4) foi o anúncio feito pelo prefeito de Itajaí (SC), Volnei Morastone. O gestor disse que pretende adotar a Ozonioterapia para cuidar de pacientes infectados pela covid-19. Em uma live, transmitida pelo Facebook da prefeitura na segunda-feira (3), Morastone explica que será oferecido o ozônio, em uma aplicação via retal, simples e rápida. No entanto, a COAR informa que o tratamento indicado pelo prefeito não é eficaz.

Filiado ao MDB, Morastoni também é médico. Segundo reportagem publicada no Uol, ele graduou-se em Medicina pela Universidade Federal do Paraná e fez pós-graduação em Pediatria e em Saúde Pública.

Na live, o administrador municipal chegou a declarar:

“Vamos oferecer o ozônio. É uma aplicação simples, rápida, de 2,3 minutinhos por dia. Provavelmente vai ser uma aplicação via retal, que é uma aplicação tranquilíssima, rapidíssima de dois minutos. Num catéter fininho, e isso dá um resultado excelente. Vamos, em breve, estar implantando isso também. E a pessoa tem que fazer durante 10 dias seguidos. São dez sessões de ozônio.”

O ozônio é usado como terapia complementar e trata mais de 250 patologias, inclusive patologias estéticas. O ozônio tem um poder de cicatrização excelente. Mas não é um tratamento definitivo para a Covid-19.

O prefeito de Itajaí (SC), Volnei Morastone, já passou outros tratamentos, sem eficácia comprovada, para o novo coronavírus. A ivermectina foi um dos medicamentos distribuídos em Itajarí, no mês de julho.  A prefeitura também tentou hemopatia e cloroquina como tratamento para a covid-19. Todos sem eficácia comprovada.

Perfil do prefeito

A OMS (Organização Mundial de Saúde) já alertou, diversas vezes, que ainda não existem tratamentos eficazes contra o novo coronavírus. “até o momento, não há vacinas ou medicamentos específicos para a COVID-19. Os tratamentos estão sendo investigados e serão testados por meio de estudos clínicos.” Organização Mundial da Saúde.

Em caso de qualquer dúvida você pode entrar em contato com nossa equipe pelo WhatsApp: (86) 99517-9773 ou pelo Instagram @coarnoticias que verificaremos para você.

Escrito por: Naiane Feitosa e Jackelany Vasconcelos

Edição: Marta Alencar

Referências:

Site UOL

Site G1

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: