VERIFICAMOS

Verificamos: HC do traficante André do Rap custou R$ 3 milhões

Nas redes sociais circula a informação de que o habeas corpus do traficante internacional André do Rap, solto no último sábado por decisão do ministro Marco Aurélio Mello (do Supremo Tribunal Federal), custou R$ 3 milhões.

Foto: reprodução/Facebook

Na própria imprensa também houve a repercussão da informação. Em uma rádio da capital piauiense (Teresina FM), um ouvinte denominado Direita Teresina chegou a afirmar que a Folha de São Paulo noticiou que o criminoso pagou o valor citado para sair da cadeia. O participante disse ter tomado conhecimento da notícia através do site de direita Terça Livre.

“Denúncia no Canal Terça Livre; na verdade a denúncia é da Folha de São Paulo, mas foi divulgada no Canal Terça Livre, no YouTube, que o HC desse tal traficante aí, o André do Rap, foi R$ 3 milhões”, disse o ouvinte durante participação, ao vivo, no programa Jornal da Teresina 2° Edição da última quinta-feira (15).

Foragido, traficante André do Rap é alvo de operação da polícia de SP após presidente do STF suspender soltura
O traficante André do Rap, considerado foragido (Foto: reprodução/O Tempo)

Depois de checagem, nossa equipe constatou que as especulações surgiram após matéria do portal Folha de São Paulo veiculada no dia 13 deste mês. No texto, porém, não há declaração ou passagem afirmativa com relação ao suposto pagamento milionário para a libertação do traficante.

André do Rap disse, segundo investigação de serviços de inteligência do governo paulista, detalhada na matéria jornalística, que “seria solto ainda este ano”. Em outra parte, há a citação de outro traficante, conhecido como Guinho, preso desde setembro de 2019 e integrante do Primeiro Comando da Capital, mesmo grupo de André. Ele sim, de acordo com interceptação da polícia de São Paulo, acrescenta a notícia, fez referência ao valor milionário para garantir habeas corpus junto ao STF.

“Nas conversas monitoradas pelo governo paulista no início do ano, o criminoso indicava a necessidade do pagamento de R$ 3 milhões para impetrar com um habeas corpus no STF. Os outros criminosos do PCC nessa conversa aconselham Guinho a pagar, porque, segundo eles, valeria a pena”, destacou a Folha de São Paulo.

Ou seja, é falso que a libertação do traficante André do Rap custou RS 3 milhões, que ele pagou o valor citado para se livrar da cadeia, e que a Folha de São Paulo fez tal afirmação.

O site de direita Terça Livre, aliás, contribuiu para a dissipação da desinformação ao destacar que o traficante confessou que um habeas corpus no STF custava R$ 3 milhões. Logo depois, houve a retificação.

Foto: reprodução/site Terça Livre

Caso você receba mensagens com informações duvidosas, questione e não compartilhe. Entre em contato conosco por meio do WhatsApp: (86) 99517-9773 ou pelo Instagram @coarnoticias.

Escrito por: Wanderson Camêlo

Referências da COAR:

Folha de São Paulo

Terça Livre

Teresina FM

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: