FALSA

Papa Francisco: “A morte de Jesus na cruz foi o fracasso de Deus”? “Casais gays têm direito a união civil”? VERIFICAMOS postagem

Um usuário no Facebook, residente no Rio de Janeiro, divulgou uma publicação polêmica em que afirma que o Papa Francisco fez recentemente declarações polêmicas, uma delas é: “A morte de Jesus na cruz foi o fracasso de Deus”. A publicação feita ontem (21) já conta com mais de 200 compartilhamentos. A COAR verificou a autencidade das declarações mencionadas.

No primeiro ponto da mensagem, o autor informa que o Papa Francisco declarou que o presidente norte-americano, Donald Trump, é anticristão. Na verdade, o Papa Francisco disse no dia 18 de fevereiro de 2016 (ano das eleições dos Estados Unidos), que o pré-candidato republicano à Casa Branca Donald Trump “não é cristão” por causa de sua opinião sobre imigração.

A mesma postagem do usuário foi compartilhada por outros na internet

Quanto à declaração citada na postagem do usuário, é verdade que o Papa Francisco disse que no texto da Homilia (é uma prelecção dada por um sacerdote no decorrer de uma missa após a leitura do Antigo Testamento e do Novo Testamento, e antes da recitação do Credo). A questão é que houve uma má interpretação do texto do Papa. O texto claramente se refere aos esforços das pessoas em atuarem pelo bem ao próximo e nos projetos de vida , mesmo quando houverem fracassos, pois adversidades e/ou fracassos fazem parte. Abaixo segue um dos trechos do texto do Papa:

Podemos ficar encastrados quando medimos o valor dos nossos esforços apostólicos pelo critério da eficiência, do funcionamento e do sucesso externo que governa o mundo dos negócios. Não digo que estas coisas não sejam importantes! Foi-nos confiada uma grande responsabilidade e o povo de Deus, justamente, espera resultados. Mas o verdadeiro valor do nosso apostolado é medido pelo valor que o mesmo tem aos olhos de Deus. Ver e avaliar as coisas a partir da perspectiva de Deus chama-nos para uma conversão constante ao primeiro tempo da nossa vocação e – nem é preciso dizê-lo – a uma grande humildade. A cruz mostra-nos uma maneira diferente de medir o sucesso: a nós cabe-nos semear, e Deus vê os frutos do nosso trabalho. E se, às vezes, os nossos esforços e o nosso trabalho parecem gorar-se e não dar fruto, estamos a trilhar a mesma via de Jesus Cristo; a sua vida, humanamente falando, acabou com um fracasso: o fracasso da cruz.

A COAR identificou uma declaração do Papa de 14 de setembro de 2018, que ele reforça a verdadeira mensagem da cruz: “A cruz é sinal de vitória e não de derrota para quem é cristão.” Em um dos trechos  do texto do Papa na Missa celebrada na Casa Santa Marta, no Vaticano, reforça isso:

A nossa vitória é a cruz de Jesus, vitória diante do nosso inimigo, a grande antiga serpente, o Grande Acusador”. Na cruz, “fomos salvos, naquele percurso que Jesus quis percorrer até o mais baixo, mas com a força da divindade… “Jesus elevado e satanás destruído. A cruz de Jesus deve ser para nós a atração: olhar para ela, porque é a força para continuar em frente… E a antiga serpente destruída ainda late, ainda ameaça, mas, como diziam os Padres da Igrejas, é um cão acorrentado: não se aproxime e não morderá você; mas se você for acariciá-lo porque o encanto o leva  até lá como se fosse um cachorrinho, prepare-se, ele destruirá você”.

Além disso, o usuário compara o  Pontífice a Satanás e declara que Papa Francisco quer implantar o Governo Único Mundial do AntiCristo. Tais afirmações são infundadas e não passam de boatos.

Gays têm direito a união civil?

Ontem (21), o lançamento do documentário “Francesco”, dirigido pelo americano Evgeny Afineevsky, revelou que o papa Francisco considera que casais homoafetivos devem ser protegidos por leis de união civil.

“Pessoas homossexuais têm o direito de estar em uma família. Elas são filhas de Deus e têm direito a uma família. Ninguém deveria ser descartado [dela] ou ser transformado em miserável por conta disso”, disse o papa no documentário “Francesco”.

Caso você receba mensagens com informações duvidosas, questione e não compartilhe. Entre em contato conosco por meio do WhatsApp: (86) 99517-9773 ou pelo Instagram @coarnoticias.

Escrito por: Marta Alencar

Referências da COAR:

ACI Digital 

G1

Folha

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: