FALSA

Prefeito de Porto Feliz é reeleito por zerar número de óbitos por Covid-19 no município?

Novamente uma informação falsa desmentida no começo deste ano de que a cidade de Porto Feliz, localizado a 100km de São Paulo, possuía o índice de zero óbitos causados pelo novo coronavírus voltou a circular nas redes sociais. O novo conteúdo atrela a vitória do prefeito, Doutor Cássio Prado (PTB), que é médico cirurgião e intensivista, o resultado de zero óbitos de Covid-19 na cidade. A COAR checou a informação e reforça que é falsa.

Informação falsa

O primeiro ponto que a COAR destaca é que o município paulista realmente reelegeu Dr. Cássio Prado com 92, 10% dos votos (25. 318). O candidato derrotou Marola, que ficou em segundo lugar com 5,70% (1.566 votos). O outro ponto é que na mensagem falsa informa que 100% da população foi tratada previamente com ivertmectina. Em junho deste ano, o prefeito chegou a declarar que havia distribuído perto de 1500 “kits” para a população conforme reportagem da Pública em outubro deste ano. Após a publicação da reportagem, a Prefeitura enviou uma nota informando que não há distribuição de Kits no município. “O que existe é um Protocolo de Tratamento Precoce prescrito por médicos em pacientes com sintomas iniciais de Covid-19” – declarou a Prefeitura em nota. No entanto, a COAR alerta que nenhum dos medicamentos que compõem o “coquetel” da Prefeitura de Porto Feliz (SP) tem comprovação científica de eficácia ou chancela da Organização Mundial da Saúde (OMS)

Não há nenhum medicamento que evite o contágio da doença. Quanto à cloroquina e a hidroxicloroquina (que é um derivado da primeira), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) ressalta que “estudos conduzidos até o momento têm 1 número de pacientes muito reduzido e ainda é arriscado afirmar que vai funcionar no tratamento da covid-19”. Além disso, a Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia e a Sociedade Brasileira de Infectologia já publicaram em comunicados que nenhum desses medicamentos, nem a ivermectina, tem eficácia comprovada contra a doença. Quanto à ivermectina, a Anvisa afirma, em nota, que “as indicações aprovadas são aquelas constantes da bula do medicamento” — nenhuma é para a covid-19.

Terceiro ponto é falso que não houve mortes na cidade por Covid-19. Com base em dois boletins epidemiológicos do município de 13 de novembro, dois dias antes do 1º turno das eleições, havia sim o registro de 15 óbitos em decorrência do vírus. Após a vitória do prefeito, Porto Feliz continua a registrar o mesmo número de óbitos registrados no último dia 24 de novembro, fechamento desta checagem.

A COAR ressalta que ao receber uma mensagem duvidosa, desconfie e não forneça seus dados antes de ter certeza de que é verdadeira. Qualquer dúvida nos contate pelo nosso WhatsApp (86) 99517-9773 ou pelo Instagram (@coarnoticias).

Escrito por: Marta Alencar

Referências da COAR:

Boletim Epidemiológico de Porto Feliz

G1

Pública

Poder 360

2 comentários

  1. ninguém disse que não teve morte, e sim que não teve morte após o início do tratamento precoce com hidroxicloroquina… ou seja, a notícia é verdadeira e vocês estão fazendo de tudo para que seja falsa kkkkkk.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: