Boato ou verdade? Alimentos na internet apontados como anticancerígenos

Por Leonardo Lima

A desinformação é um problema que reverbera por diversos temas na internet. Nesse contexto, são muitos os vídeos que enganam ao prometerem supostas curas de doenças, como alimentos que combatem o câncer, publicados diariamente no YouTube e TikTok.

No entanto, há sim comprovação científica em alguns tratamentos fitoterápicos para determinadas finalidades. Mas, não é um vídeo aleatório da internet que deve substituir a orientação segura de um médico ou profissional da saúde.

Por isso, convidamos a nutricionista Ana Rafaela Silva Pereira, que também é mestra do Programa de Pós-graduação de Ciências e Saúde da Universidade Federal do Piauí (UFPI) para esclarecer melhor sobre o tema, no quadro Saúde sem Desinformação. Confira!

Fato ou boato? Alimentos como noni, cogumelo do sol, babosa, chá verde, óleo de coco, limão ou graviola ajudam a curar o câncer?

Ao responder à pergunta, a nutricionista explica quais fatores contribuem para o desenvolvimento do câncer no organismo humano.

“Primeiro, precisamos compreender que o desenvolvimento do câncer ele vai se dar por diversos fatores. Dentre esses fatores, nós temos a alimentação, nós temos também a questão do estilo de vida da pessoa em sua totalidade: se pratica exercício físico, se consome muito álcool, se faz o uso de cigarro ou se está exposta a determinados produtos químicos. Então, tudo isso interfere no nosso organismo podendo gerar ou não tumores”, esclarece Ana Rafaela.

“Além desses fatores externos, que correspondem a cerca de 95% dos cânceres diagnosticados, temos também a questão de mutações no DNA que leva ao desenvolvimento de câncer hereditário, o que ocorre na minoria dos casos. Como em sua maioria são os fatores externos e, um dos fatores que interfere e é visto cada vez mais em pesquisas é a alimentação, o estilo de vida alimentar da pessoa”, completa.

O câncer pode ser curado ao consumir o noni ou chá verde?

“Não é só um alimento [que pode curar o câncer]. Não é que o noni sozinho ou o limão sozinho vá curar a doença. Alguns alimentos, principalmente os orgânicos, ajudam a prevenir a incidência de tumores malignos. Mas, após o desenvolvimento desse tumor, se a pessoa já estiver com o diagnóstico de um câncer, que são tumores malignos, a alimentação não vai curar. O processo de cura só é possível, hoje, através de cirurgia, de quimioterapia e de radioterapia”, ressalta a nutricionista.

“A alimentação serve para auxiliar nesse processo de cura. Então, eu não posso pegar apenas o chá verde e dizer que ele vai curar o câncer, porque isso não é verdade. Isso é um boato. O que tem de verdade e de comprovações científicas é que o chá verde auxilia durante o processo de tratamento das pessoas. E alguns estudos observaram que ele pode auxiliar também na prevenção, assim como o limão e demais frutas que são ricas em antioxidantes. Pois, alimentos ricos em antioxidantes ajudam na prevenção de doenças no geral”.

A Anvisa proíbe no Brasil a comercialização do noni

Apesar do gosto amargo, a fruta noni, originária do sudeste asiático, se tornou popular no Brasil. Seus supostos poderes de cura são atribuídos à sua alta concentração de antioxidantes. Mas, há poucas pesquisas científicas sobre os benefícios da fruta e já foram relatados efeitos tóxicos causados ao fígado após ingeri-la. Não à toa, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proíbe, desde 2007, o plantio e a comercialização do noni no país.

“É preciso tomar cuidado a exemplo do noni, que por venderem essa propaganda enganosa [de que ele trata o câncer], acaba que prejudicando a saúde do indivíduo. No Brasil, por exemplo, nós não podemos fazer o consumo e muito menos a comercialização de produtos que contenham o noni. Mesmo que seja encontrado hoje na literatura alguns estudos fazendo a utilização dessa fruta, são apenas estudos, que são necessários em grandes quantidades, feitos repetidas vezes para que se tenha segurança ao utilizar tal alimento”, pondera a especialista.

“No caso do noni, foi observado em alguns estudos realizados em animais, em células, e em um pequeno grupo de humanos, que ele demonstrou algumas atividades anti-inflamatórias, antitumoral, e como quimio preventiva. Foram apresentadas essas características, mas que estão limitadas à literatura. Nós não temos um número maior de estudos que atestem a segurança da sua utilização comum”.

“O indicado é que não faça o consumo do noni de forma alguma, como bem preconizado pela Anvisa. E quanto ao consumo dos demais alimentos também é preciso ter cautela. ‘Podemos estar consumindo, por exemplo, um chá verde à noite? Podemos’. Mas tem que ter a cautela. Não é bebendo três litros de chá verde ao dia, que isso vai prevenir que eu tenha um câncer. Isso só vai ajudar, vai ser apenas um dos diversos fatores que nós devemos ter cuidado”.

Bons hábitos e recomendações

A nutricionista ainda recomenda a prática de atividades físicas e bons hábitos alimentares como formas para manter uma vida saudável.

“Sempre buscar alimentos orgânicos. Se não tiver a opção do alimento orgânico, pode estar utilizando o alimento ou a fruta disponível nos supermercados. Não tomar muito sol, principalmente nos horários de pico, de maior incidência. Adotar a prática de exercícios físicos; não estar tão exposto à poluição, que isso também é um fator [que pode contribuir para o desenvolvimento do câncer]”, aconselha.

“Nós precisamos ter a alimentação como aliada, mas também ela não é a única. Só com a alimentação não é possível prevenir 100% e nem é possível muito menos curar o câncer. O câncer vai muito além, por isso são necessários tratamentos mais invasivos, como a quimioterapia, a radioterapia e cirurgias. Portanto, a alimentação vai apenas auxiliar nesse processo de cura. Mas só a alimentação não é capaz.”

A entrevista com a nutricionista também está disponível em nosso Podcast E-COAR.

Referências da COAR

Informações fornecidas pela nutricionista Ana Rafaela Silva Pereira (CRN-11 12458)

Um comentário em “Boato ou verdade? Alimentos na internet apontados como anticancerígenos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s