Mensagem que trata sobre insegurança de urnas eletrônicas volta a circular

Por Wanderson Camêlo*

Um conteúdo com o link de uma reportagem jornalística, viralizou no WhatsApp com o seguinte texto: “fabricante das urnas eletrônicas volta atrás sobre segurança da urna eleitoral”.

O endereço eletrônico disponibilizado dá acesso a uma matéria veiculada no dia 11 de junho de 2019 pela Rede TV! e que voltou a circular este ano.

A própria foto analisada mostra que a matéria foi replicada também em outro período, exatamente em setembro de 2021.

Conclusão da COAR: a informação está fora de contexto e com a intenção de enganar quem lê o conteúdo

Ao analisarmos o conteúdo jornalístico no próprio canal da Rede TV! no YouTube, foi possível confirmar que trata-se na verdade de uma notícia referente ao sistema eleitoral americano. “Fabricante de urnas eletrônicas dos EUA volta atrás sobre segurança eleitoral”, diz a manchete. Ou seja, por não trazer a especificação do país, a postagem checada pela reportagem da COAR pode suscitar comparações infundadas entre o processo eleitoral americano e o brasileiro.

O jornal Rede TV! News destacou na oportunidade a fragilidade dos equipamentos de votação dos Estados Unidos. O fato fez com que a empresa responsável pela produção das urnas eletrônicas no país, a Election Systems & Software, solicitasse do governo a obrigatoriedade da instalação, nas máquinas, de compartimento para a emissão do comprovante de voto em papel.

O mesmo material checado pela COAR foi analisado pelo portal O Estadão no dia 24 de janeiro deste ano. O meio de comunicação destacou um pronunciamento do Tribunal Superior Eleitoral afirmando que a Election Systems & Software “não atua no Brasil e nunca forneceu nenhum equipamento ao TSE”.

O alcance da publicação: A matéria foi compartilhada por vários perfis no Facebook, boa parte justamente dessas publicações coloca em cheque o sistema eleitoral brasileiro. Na rede social o conteúdo passa das 13 mil interações. No canal do YouTube onde foi compartilhada, foram mais de 40 mil visualizações.

Referências da COAR:

O Estadão

A COAR ressalta que ao receber uma mensagem duvidosa, desconfie e não forneça seus dados antes de ter certeza de que é verdadeira. Qualquer dúvida nos contate pelo WhatsAppTelegram ou pelo nosso email coarnews@gmail.com ou mesmo pelo Instagram (@coarnoticias).

*Com revisão de Marta Alencar

Um comentário em “Mensagem que trata sobre insegurança de urnas eletrônicas volta a circular

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s