Transparência de recursos ambientais e desinformação são temas centrais das mesas do I Colóquio Nacional sobre o Clima

Desmatamento, negacionismo e desinformação. Notícias publicadas em vários veículos jornalísticos revelam inúmeros casos de violência e garimpos ilegais dominando a Amazônia, além de conteúdos do Governo Federal que distorcem a realidade na região. Diante disso, a COAR decidiu unir forças contra narrativas desinformativas e lança o I Colóquio Nacional sobre o Clima: diálogos para pesquisas acadêmicas e cobertura jornalística, nos dias 24 a 26 de agosto de 2022. O Colóquio é remoto, gratuito e com emissão de certificados.

A inscrição no evento pode ser feita acessando o formulário de inscrição. ACESSE AQUI!

Confira as mesas que serão promovidas no dia 26 de agosto e que contarão com os seguintes palestrantes:

  • Dia 26 de agosto

Manhã – 8h30 às 10h

Mesa: Leis no combate à desinformação e transparência de recursos ambientais

Palestrantes:

Mathias Felipe – Desinformante

Jornalista, cientista da computação e pesquisador. Atualmente é pesquisador e jornalista no projeto Desinformante e coordenador do projeto colaborativo PlenaMata, uma plataforma de dados e notícias sobre desmatamento na Amazônia produzida por InfoAmazonia, Natura, MapaBiomas e hacklab/. Também é pesquisador pós-doutorando no Observatório de Mídia Digital e Sociedade (DMSO) da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Já trabalhou como jornalista esportivo para Olympic Broadcasting Services (OBS) e jornalista de dados para o La Nación. Anteriormente, foi pesquisador na Universidade de Navarra, Espanha, no âmbito do projeto JOLT, uma Marie Skłodowska-Curie European Training Network financiada pelo programa Horizonte 2020 da Comissão Europeia e pesquisador visitante na Queensland University of Technology (QUT) em Brisbane, Austrália. Mathias Felipe é co-editor do livro “Journalism, Data and Technology in Latin America” publicado pela Palgrave Macmillan em 2021.

Taís Seibt – Fiquem Sabendo

Jornalista, doutora em Comunicação e Informação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)​. Professora da Unisinos e do MBA em Jornalismo de Dados do IDP. Coordena o Desafio Nuvem de Educação Midiática (Unisinos) e é uma das líderes do Núcleo de Estudos em Jornalismo de Dados e Computacional – DataJor (CNPq/IDP). É criadora da ​Afonte Jornalismo de Dados​ e gerente do projeto WikiLAI na agência de dados ​Fiquem Sabendo.

Daniel Veiga Ayres – IBERC

Advogado; Associado titular do Instituto Brasileiro de Estudos de Responsabilidade Civil (IBERC). Membro do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais (IBCCRIM); Membro do Instituto dos Advogados de Minas Gerais (IAMG); Presidente da Comissão de Direito Ambiental da 72a Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção do Estado de Minas Gerais (2016-2018); Doutorando em Ciência da Comunicação na Universidade do Vale do Rio Sinos (2021 – em andamento); Mestre em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa (2013); Especialista em Ciências Jurídico-Ambientais pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa (2011); Especialista em Direito, Impacto e Recuperação Ambiental pela Universidade Federal de Ouro Preto (2010); Bacharel em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (2008); Professor do Curso de Graduação em Direito do Centro Universitário do Leste de Minas Gerais (Unileste/MG); Professor do Curso de Graduação em Direito da Faculdade Pitágoras (Campus de Ipatinga/MG); Coordenador de Judicialização da Administração Pública da Procuradoria do Município de Coronel Fabriciano (01/2018-07/2018); Gerente de Advocacia Contenciosa da Procuradoria do Município de Coronel Fabriciano (07/2018-06/2020); e, Gerente Consultivo de Prevenção da Procuradoria do Município de Coronel Fabriciano.

Tarde – 14h30 às 16h

Mesa: PL das Fake News x Indústria da Desinformação

Palestrantes:

Viviane Tavares – Intervozes

Jornalista, especialista em Gestão Estratégica da Comunicação e mestranda em Tecnologias de Comunicação e Cultura (UERJ). Foi repórter especializada em saúde, educação, política e direitos humanos em veículos como Revista Poli, Brasil de Fato e Jornal do Brasil. Em sua trajetória trabalhou com comunicação institucional, marketing político, advocacy e gerenciamento de projetos. Atualmente é da secretaria executiva do Intervozes e coordena o projeto Combate à desinformação e discurso de ódio na Amazônia.

Manoel Bastos – Ulepicc-Brasil

Professor Adjunto de Comunicação, Cultura e Sociedade na Universidade Estadual de Londrina. Doutor em História e Sociedade pela Unesp (Assis) – com bolsa da Fapesp. Possui graduação em Comunicação, com habilitação em Jornalismo pela Universidade de Brasília (2001) e mestrado em Comunicação e Cultura Contemporânea (na linha Estudos da Imagem e do Som) pela mesma Universidade de Brasília (2004). Concluiu em 2010 um pós-doutorado em História Social do Trabalho pela Universidade Federal de Santa Catarina. Coordena o Laboratório CUBO – Comunicação e Crise do Capitalismo, na Universidade Estadual de Londrina. Atualmente, é presidente da União Latina da Economia Política da Informação, Comunicação e Cultura – Brasil (Ulepicc-BR). É membro da editoria da Revista Eptic.


Rodrigo Vieira – DiGiCULT/UFERSA

Coordenador do Curso de Direito da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA). Investigador Visitante com Estágio Pós-Doutoral no Centro de Estudos Sociais (CES) na Universidade de Coimbra (2020-2021). Docente Permanente do Programa de Mestrado em Direito da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (PPGD/UFERSA). Doutor em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Mestre em Direito Constitucional pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Graduado em Direito pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Pesquisador-Líder do DiGiCULT/UFERSA – Estudos e Pesquisas em Direito Digital e Direitos Culturais. Membro do Colegiado do Programa de Pós-Graduação em Direito da UFERSA. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas em Direitos Culturais da Universidade de Fortaleza (GEPDC/UNIFOR). Membro do Grupo de Estudos de Direito Autoral e Industrial da Universidade Federal do Paraná (GEDAI/UFPR). Membro do Instituto Brasileiro de Direitos Culturais – IBDCULT. Membro do Instituto de Pesquisa, Direitos e Movimentos Sociais (IPDMS).

O evento é realizado pela COAR com o apoio do Capítulo Brasil da União Latina de Economia Política da Informação, da Comunicação e da Cultura (Ulepicc–Brasil) e do Laboratório de Investigação do Ciberacontecimento (LIC) da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos).

Para maiores informações, entre em contato pelo email: coarnews@gmail.com.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s