COAMOS: Declaração do candidato ao governo de Alagoas, Paulo Dantas (MDB), sobre o Estado ser o único com mais mulheres ocupando cargos no alto escalão

Por: Marta Alencar e Millena Brito

Onde foi publicado: Twitter

Etiqueta: Verdadeira a declaração

Em checagens de declarações no Twitter de candidatos estaduais do Nordeste, a COAR se deparou com um tuíte do candidato ao governo de Alagoas, Paulo Dantas (MDB), se referindo a uma reportagem do Jornal O Globo, intitulada: “Mulheres sub-representadas: nos governos estaduais, somente 22% dos cargos de primeiro escalão são ocupados pelo sexo feminino“. A reportagem é de 1º de setembro de 2022, e foi assinada pelos repórteres, Flávia Pilar, Luísa Marzullo e André Duchiade.

No conteúdo do Twitter publicado em 2 de setembro, Dantas declara: “Aqui as mulheres têm poder! Somos o único estado com um governo com paridade de gênero no Brasil. Vale destacar que hoje já são 13 mulheres e 10 homens no primeiro escalão! Um número ainda maior do que o registrado na matéria de O Globo.” Vale lembrar que Dantas assumiu o governo do Estado em maio, por meio de eleição indireta, após a renúncia de Renan Filho para disputar as eleições deste ano. Essa é a primeira eleição direta em que ele concorre ao cargo de governador.

A COAR checou as informações declaradas pelo candidato e fez um levantamento a partir de dados coletados em reportagens, portais estaduais da transparência e Lei de Acesso à Informação (LAI). Além de fazer um cruzamento dos dados constados nesses documentos.

Conforme reportagem do Globo, a disparidade se mantém nos Executivos estaduais, onde a proporção de mulheres secretárias destoa muito da população feminina no Brasil (51,8%, de acordo com o IBGE).

Reportagem do O Globo (2022)

O primeiro ponto que a COAR esclarece é que os repórteres do Globo, elencaram os cargos do alto escalão de cada governo estadual, destacando também mulheres que ocupassem cargos na Corregedoria Geral ou Procuradoria Geral.

Dados coletados e conferidos pela COAR

No segundo ponto, a COAR cita que na matéria do Globo informa a reportagem de 52% da representatividade feminina no alto escalão de Alagoas, mas que no dia 10 de agosto de 2022, Aline Melo da Silva assumiu a pasta da agricultura no lugar de Maycon Beltrão, que deixou o cargo em julho. Por isso, que o dado da porcentagem aumentou de 52% para 56,5%, já que dentre 23 cargos do alto escalão do governo de Alagoas, 13 mulheres estão ocupando cargos atualmente, o que sinaliza que é verdadeira a declaração do candidato ao Governo. É importantíssimo observar que a matéria do Globo faz uma afirmação verdadeira sobre Alagoas ser o estado com maior representatividade feminina, enquanto Santa Catarina é o único estado sem nenhuma mulher assumindo uma pasta.

A nomeação da nova secretária de agricultura de Alagoas foi publicada no Diário Oficial em agosto. Foto/Reprodução: Jornal de Alagoas (2022)

A COAR ainda especificou o número de mulheres ocupando cargos no alto escalão dos governos estaduais no Nordeste:

Levantamento da COAR (2022)

É fundamental observar que o Nordeste tem três governadoras diante de nove governadores na região. E acrescentar que no Piauí, a Coordenadoria Estadual de Políticas Públicas para as Mulheres é uma pasta do alto escalão.

A COAR ressalta que ao receber uma mensagem duvidosa, desconfie e não forneça seus dados antes de ter certeza de que é verdadeira. Qualquer dúvida nos contate pelo WhatsAppTelegram ou pelo nosso email coarnews@gmail.com ou mesmo pelo Instagram (@coarnoticias).

Referências da COAR

O Globo

Sites dos Governos

Portais da Transparência

LAI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s