Milhares de visualizações em vídeos imprecisos, fora de contexto e manipulados sobre candidatos no Nordeste são destaques no Kwai e no TikTok

Por Marta Alencar

Faltando menos de um mês para as eleições gerais de 2022, realizadas em 2 de outubro, a COAR vem encontrando centenas de vídeos compartilhados no Kwai (aplicativo de criação e compartilhamento de vídeos curtos) e TikTok (uma rede social para compartilhamento de vídeos curtos) sobre candidatos aos governos estaduais no Nordeste.

São conteúdos caracterizados como sátiras, fora de contexto e imprecisos, mas que manipulam a opinião pública e que geram mais desinformação no ambiente digital. Um deles é um vídeo editado no TikTok com candidatos ao Governo do Rio Grande do Norte durante um debate promovido no dia 7 de agosto de 2022 na TV Band, com mais de 12 mil visualizações, que apresenta apenas recortes de declarações entre a governadora Fátima Bezerra (PT) e o Capitão Styvenson (Podemos), discutindo sobre educação.

Outros vídeos com teor humorístico apresentam recortes de debates no Piauí, Maranhão e Ceará, com momentos em que candidatos trocam ofensas entre eles. Um deles apresenta momentos do debate realizado na TV Cidade Verde em agosto, onde há trocas de ofensas entre a candidata Gessy Lima (PSC) e Ravenna Castro (PMN). O conteúdo tem mais de 122,9 mil curtidas no TikTok.

Além disso, há vídeos que mostram dados manipulados de pesquisas no Nordeste sobre candidatos aos governos estaduais e a Presidência da República.

Em posicionamentos recentes, o Kwai declara que “protege a liberdade de expressão, mas não tolera conteúdos que tenham o potencial de prejudicar o processo democrático pela distribuição de informações falsas” e que “possui uma política específica para as eleições, que inclui conteúdos que possam ameaçar a integridade e autenticidade do aplicativo”.

Quanto ao TikTok, a rede social se comprometeu em fevereiro de 2022 em combater à desinformação ao firmar uma parceria com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Enquanto em abril, TSE firmou uma parceria com o Kwai para o lançamento de uma página na plataforma para a produção de conteúdo que tem como objetivo combater a desinformação eleitoral na internet. A iniciativa faz parte das ações projetadas para o Mês de Combate à Desinformação, período que o tribunal destinou para reforçar as políticas de combate à informações falsas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s