Candidato do Rio Grande do Norte teria cancelado agenda de campanha pela morte da rainha Elizabeth 2ª?

Estadão chegou a publicar nota repercutindo o assunto e depois apagou.

Por Equipe da COAR

Uma publicação do jornalista carioca, Lucas Rocha, viralizou na internet, principalmente na mídia local do Rio Grande do Norte, mas também em posts no Instagram e Twitter. O tuíte do jornalista, publicado no 8 de setembro, dizia: “Um candidato a deputado estadual no RN CANCELOU A AGENDA DE CAMPANHA hoje em razão da morte da rainha Elizabeth II. A atividade seria em Mossoró, que fica a 7.623 km do Palácio de Balmoral. Comunicado foi feito em nota de pesar em que presta condolencias à família (Real).” Até o fechamento desta checagem, o tuíte já acumulava mais de 38 mil likes e mais de dois mil retweets. Desde o momento que a COAR visualizou a imagem no Twitter começou a pesquisar pistas sobre o assunto.

O Uol publicou uma matéria a partir do post do jornalista e uma nota da assessoria do candidato. A matéria foi divulgada na sexta-feira (9) com o título “Viraliza post sobre candidato do RN cancelar agenda por rainha; ele nega” . O Estadão também publicou uma nota nesta sexta sobre o caso, mas apagou devido a repercussão, pois fazia menção que o conteúdo postado seria verdadeiro. A nota do Estadão informava o seguinte:

O ex-vereador Jadson Rolim, candidato a deputado estadual no Rio Grande do Norte, cancelou sua agenda na última quinta-feira, 8, em decorrência da morte da rainha Elizabeth II. A atividade seria realizada em Mossoró, cidade a 300 quilômetros da capital potiguar. O candidato lamentou o falecimento da monarca e prestou condolências à família real. O assunto ganhou repercussão nas redes sociais. Jadson foi procurado pela reportagem, mas ainda não se manifestou.

Blogs locais chegaram a questionar o posicionamento do jornal sobre a verificação do conteúdo. A partir dessa repercussão, a COAR verificou pistas sobre o assunto.

O primeiro ponto foi identificar quem publicou o conteúdo. Em seu perfil pessoal no Twitter, Lucas informa que é jornalista (ECO-UFRJ) na Sputnik Brasil; Mestre em Políticas Públicas (FLACSO); Ex-integrante do site Fórum e JB Opinião. O jornalista na rede social tem 14,8 mil seguidores.

O segundo ponto foi identificar a data do tuíte, o horário e local. O tuíte foi publicado no dia 8, às 23h30, no Rio de Janeiro. Em seguida, a COAR analisou o perfil do candidato, Jadson Rolim, que tem o nome completo de Clayton Jadson Silva Rolim. O candidato pelo SOLIDARIEDADE é natural de Mossoró e tem contas no Twitter, Instagram e Facebook para averiguar pistas da publicação. A conta no Twitter é pouca atualizada. No Instagram, o candidato tem mais de seis mil seguidores. Na conta pessoal no Facebook, Jadson tem quase cinco mil seguidores. Em nenhum dos perfis, a postagem foi encontrada.

A COAR também seguiu os passos de candidatos a deputados federais que estiveram próximos aos candidatos dias antes ou com agenda programada com o candidato a deputado estadual para verificar se havia alguma menção ao local citado na postagem e nada foi encontrado. Um desses candidatos que estiveram recentemente ao lado de Jadson foi o prefeito de Mossoró, Allyson Bezerra. Mas não encontramos nenhuma postagem ou menção sobre o local.

Investigamos marcações de militantes e admiradores do candidato que marcam o seu perfil no Instagram e também não encontramos nenhuma menção sobre o conteúdo alegado pelo jornalista ou cancelamento de agenda. Também tentamos contato com alguns apoiadores de Jadson, e não obtivemos qualquer posicionamento sobre o assunto.

A COAR fez um cruzamento de dados e informações sobre a agenda do ex-vereador juntamente com outros candidatos do partido, que apoiam a candidatura do prefeito Allyson, além de analisar postagens ou menções dos apoiadores da campanha de Jadson, e encontramos as seguintes datas e postagens:

Conforme postagens nas redes sociais do candidato, é possível verificar que há imagens do candidato na zona rural de Mossoró, localizado no polo Alagoinha, no dia 8 de setembro. E na mesma data em Carnaúba dos Dantas, Parelhas, Equador e Santana do Seridó. Tais informações foram analisadas e verificadas em stories dos apoiadores da campanha do candidato. No dia 9, conforme stories, o candidato também percorreu nos municípios de Upanema e São Rafael.

Convém lembrar que no tuíte em análise, o conteúdo alega que o candidato não iria percorrer ao bairro Abolição I, que realmente existe no município de Mossoró, devido a morte da rainha Elizabeth II. Diante disso, a COAR fez um mapeamento para verificar a distância entre Mossoró e Upanema, que foram os municípios visitados pelo candidato entre os dias 8 e 9. Para verificar se haveria impossibilidade do candidato visitar o bairro Abolição I em Mossoró, conforme Mapa 2, a distância entre o Polo Lagoinha e o bairro Abolição I, é de apenas 22 minutos de carro, o que não seria empecilho para o candidato ir ao local. A questão é que até o momento em que a COAR averiguou os dados, não foi encontrado qualquer citação de que o Jadson iria ao local entre os dias 8 e 9.

A COAR anteriormente fez um comparativo em relação a colocação do candidato nas pesquisas do estado, mas pode constatar que houve uma nota da assessoria do candidato enviada ao UOL, que alegava que Jadson foi vítima de uma fake news por se consolidar em primeiro lugar em todas as pesquisas no Estado. No entanto, a nota da assessoria mentiu nesse ponto de todas as pesquisas no estado todo.

Stories de esclarecimento do candidato limitou-se apenas a tal mensagem

A COAR coletou dados de duas pesquisas locais mais recentes. O candidato cita em seu perfil a pesquisa do Blog Gustavo Negreiros/Item Consultoria, que mostra os nomes mais citados para uma das 24 vagas na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. O candidato alega que está em primeiro lugar em relação ao seu partido, Solidariedade. A partir dessa declaração, a COAR conferiu o dado no site do Tribunal Regional do Rio Grande do Norte, pelo número da pesquisa registrada, e também publicada no site de Gustavo Negreiros, e foi possível constatar que o candidato aparece no 21º colocado na intenção de votos com o nome Soldado Jadson. A pesquisa do blog Gustavo Negreiros/Item Consultoria foi realizada entre os dias 3 e 5 de setembro com 1600 pessoas entrevistadas em 12 microrregiões do Rio Grande do Norte e aponta os cinco primeiro colocados: Dr. Bernardo (3,00%), Ubaldo Fernandes (2,75%), Gustavo Carvalho (2,50%), Coronel Azevedo (2,50%) e Francisco do PT (2,25%).

Pesquisa do blog Gustavo Negreiros/Item Consultoria (2022)

A segunda pesquisa analisada pela COAR foi a do Instituto de Pesquisa SETA em parceria com a Band RN, divulgada no dia 5, que apresentou a intenção de voto dos norte-riograndenses na eleição para Deputado Estadual.  Confira abaixo:

Fonte: Instituto de Pesquisa SETA em parceria com a Band RN (2022)

Além disso, a COAR conseguiu contato com o autor da postagem após horas de tentativas, que informou que recebeu de uma fonte, de um grupo político local. Solicitamos um print da mensagem enviada, o autor não respondeu mais. A COAR etiqueta a checagem como COAMOS.

A COAR ressalta que ao receber uma mensagem duvidosa, desconfie e não forneça seus dados antes de ter certeza de que é verdadeira. Qualquer dúvida nos contate pelo WhatsAppTelegram ou pelo nosso email coarnews@gmail.com ou mesmo pelo Instagram (@coarnoticias).

Referências da COAR:

Perfil do Jadson Rolim

Uol

Estadão

Um comentário em “Candidato do Rio Grande do Norte teria cancelado agenda de campanha pela morte da rainha Elizabeth 2ª?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s