G1 não publicou notícia informando que TSE reconheceu erro grave no segundo turno das eleições

Por Marta Alencar

Etiqueta: Se Faz (Mentira/Falso)//Quem Nem (Conteúdo Impostor)

Uma notícia impostora com a marca do portal G1 (Portal de notícias da Globo) foi divulgada em massa em grupos no WhatsApp. A notícia falsa informa Tribunal Superior Eleitoral (TSE) havia constatado a “possibilidade de erro grave” na eleição deste ano, fato que favoreceria a reeleição de Jair Bolsonaro (PL), em detrimento de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), eleito democraticamente o próximo presidente da República. No entanto, a notícia é impostora. O link informado não representa o da empresa jornalistica.

No dia 30 de outubro, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o ministro Alexandre de Moraes, anunciou o resultado final das Eleições 2022 em entrevista coletiva. Segundo ele, houve uma diferença aproximada de 2 milhões de votos do primeiro candidato em relação ao segundo lugar. Luís Inácio Lula da Silva foi eleito presidente do Brasil. Com mais de 99% das urnas apuradas, na conta matemática, Lula teve cerca de 50,9% dos votos. Ele terá um mandato de 4 anos. O atual presidente, Jair Bolsonaro não foi reeleito.

A COAR ressalta que ao receber uma mensagem duvidosa, desconfie e não forneça seus dados antes de ter certeza de que é verdadeira. Qualquer dúvida nos contate pelo WhatsAppTelegram ou pelo nosso e-mail coarnews@gmail.com ou mesmo pelo Instagram (@coarnoticias).

Referências da COAR:

TSE

Senado Federal

Um comentário em “G1 não publicou notícia informando que TSE reconheceu erro grave no segundo turno das eleições

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s