COAMOS: Especialista japonês confirmou fraude no sistema eleitoral brasileiro?

Por Wanderson Camêlo

Conteúdo investigado: mensagem destaca que um especialista em segurança cibernética do Japão confirmou que houve fraude na última eleição presidencial brasileira.

Onde foi publicado: WhatsApp

Etiqueta: Se Faz (Falso)

Não precisa ir muito longe para detectar que se trata de um conteúdo falso e que, diga-se de passagem, foi manipulado para enganar. Isso é o que indica a foto que ilustra o material checado. O que seria o dito especialista é na verdade o primeiro-ministro do Japão, Fumio Kishida.

O autor da publicação utiliza uma frase pejorativa para dar nome ao falso profissional: “Sr. Seuku Myama”, reforçando que o objetivo mensagem é enganar por meio de uma sátira ou pegadinha.

O lutador de MMA Vitor Belfort repercutiu bastante na imprensa nacional ao compartilhar informação parecida. O caso aconteceu na semana passada, exatamente dia 07.

Através de seu perfil no Instagram, Belfort compartilhou uma publicação que trazia um nome fictício e com duplo sentido, de teor sexual. “URGENTE: o General Benjamin Arrola das Forças Armadas declarou que o Exército deu 24 horas para que o TSE explique o que houve nas urnas no domingo”, diz trecho da fake.

O conteúdo checado pela Coar evidencia a polêmica que ainda gira em torno do relatório das Forças Armadas sobre a segurança do sistema eleitoral brasileiro. O resultado foi divulgado no último dia 09 e, como destacou o Tribunal Superior Eleitoral em seu site, confirmou a segurança das urnas eletrônicas.

No site do governo federal, consta que “o acurado trabalho da equipe de técnicos militares na fiscalização do sistema eletrônico de votação, embora não tenha apontado, também não excluiu a possibilidade da existência de fraude ou inconsistência nas urnas eletrônicas e no processo eleitoral de 2022”.

A COAR ressalta que ao receber uma mensagem duvidosa, desconfie e não forneça seus dados antes de ter certeza de que é verdadeira. Qualquer dúvida nos contate pelo WhatsApp, Telegram ou pelo nosso e-mail coarnews@gmail.com ou mesmo pelo Instagram (@coarnoticias).

Referências da COAR:

Governo Federal

TSE

Um comentário em “COAMOS: Especialista japonês confirmou fraude no sistema eleitoral brasileiro?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s