IMPRECISA: Alguns portais publicaram confirmação de morte de mulher depois de enxurrada na zona Leste de Teresina

Na ânsia pelo furo jornalístico, alguns portais piauienses acabaram noticiando que uma pessoa havia morrido dentro de um carro, na tarde desta terça-feira (21), depois de uma enxurrada causada pela chuva na zona Leste de Teresina. Diante do ocorrido, a COAR apurou a informação.

Links de matérias dando a fatalidade como comprovada foram compartilhados em vários grupos de WhatsApp, inclusive policiais. Mas logo apareceu a real versão sobre o ocorrido. Uma das manchetes sobre o acidente dizia: “Mulher morre afogada dentro de carro na zona Leste de Teresina”.

Vídeo do momento da chuva na zona Leste da cidade

O veículo, de fato, foi levado pela correnteza (nas proximidades da Avenida Jóquei Clube), no entanto, de acordo com informação do Corpo de Bombeiros em Teresina –veiculada logo depois do incidente, “O veículo realmente foi levado pela enxurrada, mas não foi encontrado no momento nenhuma vítima”, informou o Corpo de Bombeiros. A informação foi compartilhada em um grupo da corporação por um sargento de nome Pimentel.

Além da retificação, no mesmo grupo, o sargento publicou vídeo com o depoimento da pessoa proprietária do veículo de passeio levado pela água da chuva. Trata-se, na verdade, de um homem, que não teve o nome revelado.

“O veículo não tinha ninguém, estava estacionado no Colégio Objetivo e foi levado pela enchente e caiu no ‘valão’, graças a Deus”, disse o dono do carro, na gravação.

COAR é uma iniciativa, genuinamente piauiense, apartidária, que preza pela transparência das fontes, do financiamento e da organização, com uma política de correções aberta e honesta. Até o momento, decidimos não receber nenhum tipo de financiamento. A própria equipe financia o projeto, porque acredita na relevância do mesmo para o Piauí.

Escrito por: Wanderson Camêlo

Informações imprecisas de que antes de morrer, o cantor Paulynho Paixão foi encaminhado ao HUT

Por: Leonardo Lima e Marta Alencar

Já saiu em vários portais locais e nacionais sobre a morte do cantor piauiense Paulynho Paixão, de 43 anos, na manhã de hoje (03). Apesar da confirmação da morte do artista, alguns portais da capital e um outro do Espírito Santo noticiaram que o mesmo havia sido atendido pelo Hospital de Urgência de Teresina (HUT). Verificamos com a assessoria do hospital que desmentiu a informação.

Foto: Arquivo pessoal/ Instagram

O cantor se envolveu em um duplo acidente. O primeiro aconteceu na noite de ontem (02) em seu carro por volta das 22h na BR-316 próximo ao município de Passagem Franca do Piauí, quando o mesmo se dirigia a Teresina para encontrar a esposa, Tayanne Costa. Contudo, o cantor teve ferimentos leves, foi encaminhado para o hospital da cidade e liberado em seguida.

Retornando para casa, Paulynho Paixão resolveu seguir o trajeto com destino à capital de moto, quando ocorreu o segundo acidente mais grave, onde fraturou as pernas. Em seguida, foi encaminhado ao hospital de Valença, mas morreu por volta de 3h da manhã. O velório acontecerá em São Miguel da Baixa Grande, cidade natal do cantor.