Sátira: Imagem do criminoso Lázaro Barbosa de Sousa com Lula é divulgada em grupos de WhatsApp

É frequente encontrarmos na internet imagens que viralizam com conteúdos sátiros sobre políticos no país, incluindo o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, Lula, do Partido dos Trabalhadores (PT). A mais recente é do ex-presidente ao lado de Lázaro Barbosa de Sousa, 32 anos, que vem realizando uma série de ataques em casa e chácaras e matou quatro pessoas de uma mesma família. Nas redes sociais, o suspeito é popularizado como ‘serial killer de Brasília’.

A imagem é questão (abaixo) é manipulada e não condiz com a verdade, não passando de sátira com tom de deboche sobre a real situação do criminoso.

Foto/Reprodução WhatsApp

A verdadeira imagem condiz com o ex-presidente Lula ao lado do ex-candidato a prefeito de São Paulo Guilherme Boulos (Psol).

Lula declara apoio a Boulos em São Paulo para 'restabelecer democracia no  Brasil' | Política: Diario de Pernambuco
Foto: Ricardo Stuckert/Divulgação

A foto é de 2018 e feita durante uma convocação geral do PT em São Bernardo do Campo, após o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública,  Sergio Moro, determinar a prisão de Lula quando exercia o cargo de juiz. O ato, convocado pelo Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, reuniu cerca de 5000 pessoas, de acordo com o sindicado, e várias figuras famosas da política brasileira, como a ex-presidente Dilma Rousseff e a presidente do PT Gleisi Hoffmann.

Luiz Marinho, Gleisi Hoffmann, Lula, Dilma e Boulos em São Bernardo. Foto: Reprodução/Brasil de Fato

A COAR alerta que ao receber uma mensagem duvidosa, desconfie e não forneça seus dados antes de ter certeza de que é verdadeira. Qualquer dúvida nos contate pelo nosso WhatsApp (86) 99517-9773 ou pelo Instagram (@coarnoticias).

Escrito por: Marta Alencar

Grupos de WhatsApp informam que Ciro Nogueira novamente espalha outdoors em apoio a Lula

O presidente nacional do Progressistas, senador Ciro Nogueira, e também alinhado ao governo de Jairo Bolsonaro (sem partido), tem seu nome envolvido novamente em uma imagem ao lado do ex-presidente Lula (PT). A imagem de fato é verdadeira, no entanto vem sendo utilizada fora de contexto e espalhada como se fosse atual por alguns perfis nas redes sociais e grupos de WhatsApp.

Imagem é fora de contexto e divulgada nas eleições de 2018

A imagem em questão é de 2018 quando Ciro Nogueira espalhou diversos outdoors com a sua imagem ao lado ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, na disputa pelo Senado Federal. Na época em entrevista a TV Cidade Verde, Ciro disse que seguiria com o Lula até o fim. Mesmo o ex-presidente ter sido preso em 7 de abril de 2018 após ter sido condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do tríplex do Guarujá (SP). Convém informar que Lula foi solto após 580 dias preso. Todavia, a parceria com Lula chegou ao fim e o senador atualmente apoia o presidente Jairo Bolsonaro (sem partido) e é o principal nome da oposição ao governador Wellington Dias (PT). 

Convém recordar que em 2013, o parlamentar defendeu a formalização de uma coligação inédita no plano nacional com o PT em apoio a reeleição da presidente Dilma Rousseff. O PP e o PT já estiveram juntos em disputas regionais, mas nunca tiveram para o Palácio do Planalto, essa foi a primeira vez. Já em 2014, o senador progressista esteve ao lado de Lula para apoiar a reeleição de Dilma Rousseff em vários eventos do partido petista. Na época, Dilma conseguiu vencer a disputa com mais de 54 milhões de votos.

Portal Cidade Luz – Ciro Nogueira acredita que Lula em ministério  reaglutina base de Dilma
O senador Ciro Nogueira apoiou a eleição, reeleição e também o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT)

No entanto em 2016, o partido de Ciro decidiu votar a favor da continuidade do processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, que iniciou em 2015 e encerrou em 31 de agosto de 2016. E mesmo tendo votado a favor do impeachment, o senador Ciro Nogueira chegou declarar em diversas entrevistas que a parceria com o governador do Piauí, Wellington Dias (PT), continuaria.

A COAR ressalta que ao receber uma mensagem duvidosa, desconfie e não forneça seus dados antes de ter certeza de que é verdadeira. Qualquer dúvida nos contate pelo nosso WhatsApp (86) 99517-9773 ou pelo Instagram (@coarnoticias).

Escrito por: Marta Alencar

Referências da COAR:

Senado Federal

Correio Braziliense

Uol

TV Cidade Verde

IMAGEM compara pontes da Venezuela e do Nordeste feitas pelo governo petista

É comum a COAR encontrar imagens que distorcem conteúdos, principalmente obras promovidas por governos, seja da direita, esquerda ou do centro. Uma imagem que vem circulando nos últimos três anos em grupos de WhatsApp é um retrato disso. O conteúdo compara a Ponte Orinoquia, na Venezuela, e uma ponte supostamente do Nordeste – sem identificação -, durante a trajetória dos governos petistas, liderados pelos  ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rouseff.

Imagem circula em páginas da direita no Facebook

A imagem informa que a Ponte Orinoquia, na Venezuela, recebeu  US$ 300 milhões para ser construída pelo governo petista. Inclusive há outros conteúdos que informam que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), durante os governos de Lula e Dilma, financiaram a obra no valor de R$ 1, 2 bilhão. O Projeto Comprova já havia desmentido tais conteúdos. Inclusive na seção Transparência do site do BNDES cita obras que o banco financiou na Venezuela, mas não consta qualquer financiamento à ponte em questão.

No site da Odebrechet há uma matéria datada de 16 de março de 2015, onde informa que a terceira ponte sobre o Rio Orinoco era uma estrutura double deck (rodovia no piso superior e ferrovia no piso inferior) composta de duas torres principais em forma de diamante, construídas em concreto armado, com 135,5 metros de altura e 11,13 km de extensão. No entanto, a ponte, que deveria conectar as cidades de Caicara e Cabruta, está paralisada desde 2016 e é apenas um dos vários projetos da Odebrecht abandonados e que foi alvo de alegações de corrupção devido à Operação Lava Jato.

Em reportagem do G1 de 2006 cita que a construtora brasileira Odebrecht com créditos do Programa de Financiamento às Exportações (Proex), foi inaugurada com 3.156 metros e no valor de US$ 1,22 bilhão.

Pontes no Nordeste

A imagem em questão, que menciona ponte uma ponte supostamente do Nordeste, não cita qual região de fato se refere. Embora a COAR tenha realizado busca e comparação da imagem com outras na internet. No G1, existe uma matéria que revela uma ponte ferroviária sobre o Rio São Francisco, entre os municípios de Serra do Ramalho e Bom Jesus da Lapa, na Bahia,

As obras da ponte começaram em 2014, no governo Dilma Rousseff, e foram finalizadas em outubro de 2018, na gestão Temer, de acordo com a Valec Engenharia, Construções e Ferrovias S.A, empresa pública vinculada ao Ministério da Infraestrutura. Além disso, o governo petista, seja liderado por Dilma ou Lula, inauguraram outras pontes no Nordeste. A intenção desta verificação é esclarecer os fatos e não enaltecer as obras de quais governos sejam (direita, esquerda ou centro).

Ponte Ferroviária Sobre o Rio São Francisco - Janeiro/2018 - YouTube

Ponte Ferroviária Sobre o Rio São Francisco – Janeiro/2018. Foto/Reprodução: Youtube.

Caso você receba mensagens com informações duvidosas, questione e não compartilhe. Entre em contato conosco por meio do WhatsApp: (86) 99517-9773 ou pelo Instagram @coarnoticias.

Escrito por: Marta Alencar

Referências da COAR:

G1

Reuters

Estadão

Projeto Comprova