COAMOS: José Dirceu faz chantagem com ministro do STF, Luís Roberto Barroso?

Em meio há diversas mensagens em notícias no período atual, é preciso cuidado com o que se recebe e lê. Recebemos no WhatsApp uma mensagem com tom alarmista e erros de português dando uma notícia sobre a reunião do presidente Jair Bolsonaro com o diretor da CIA, e que José Dirceu estaria articulando no exterior “R$ 5 milhões” para deputados e senadores votarem contra a medida que estabelece o voto impresso ou auditável, já para as eleições de 2022.

Como já destacamos logo no início dessa checagem, a mensagem apresenta tom alarmista e erros de português, isso são sinais de que pode ser um texto desinformativo. Além disso, não foram divulgadas informações sobre o que foi tratado durante a reunião entre o presidente e o diretor da CIA, William Joseph Burns, que ocorreu no dia 1 de julho. No mais, informações indicam que a maioria dos políticos são contra a medida, o que não faz sentido pagar para que os mesmos votem contra.

Casos envolvendo Barroso e Moraes

A mensagem ainda destaca outras informações que não são comprovadamente verdadeiras, como a da chantagem de Dirceu a Barroso. O boato teria começado a se espalhar na internet após um tweet de Bolsonaro, sobre uma chantagem feita a um juiz estava fazendo com que a autoridade levantasse processos contra o presidente e os seus filhos. O presidente não deu nomes, de quem é o juiz e quem é a pessoa por trás da chantagem, apenas se dirigiu ao chantagista usando o nome fictício de “Daniel”. 

Os nomes de Barroso e Dirceu sequer aparecem na postagem, mas só isso foi o suficiente para os bolsonaristas começarem a supor que seriam o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e o ex-ministro. Tudo isso ligando a fatos passados já desmentidos por agências de fact-checking e sites de notícias. 

O boato nasceu de um texto atribuído a “João Macedo Costa – Jornalista Político”, que não existe. Barroso teria um “apartamento de luxo” em Miami, custeado pelo médium João de Deus, onde viveria “sua vida miserável de bissexual”. Barroso teria se encontrado com adolescentes “agenciados” por João de Deus e que José Dirceu, sabendo disso, teria gravado alguns encontros e chantageado o ministro. Falso.

Outro nome que a mensagem também apresenta é o de Alexandre de Moraes, o caso apresentado também é falso. O boato vem de uma foto manipulada que mostra presidiários da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital) com uma faixa em apoio à indicação de Alexandre de Moraes ao Supremo Tribunal Federal. Na faixa da fotografia original, do fotógrafo Alex Silva (Estadão Conteúdo), que supostamente estava escrito o nome de Moraes, aparece a frase: “Contra a opressão”.  Ou seja, também é falso.

A COAR ressalta que ao receber uma mensagem duvidosa, desconfie e não forneça seus dados antes de ter certeza de que é verdadeira. Qualquer dúvida nos contate pelo nosso WhatsApp (86) 99517-9773 ou pelo Instagram (@coarnoticias).

Escrito por: Kryssyno Oliveira

Referências da COAR:

Carta Capital

Fórum

O Hoje

G1

COAMOS: Pesquisa do Instituto Paraná aponta para vitória de Bolsonaro, contra Lula, em todos os estados?

Uma pesquisa de intenção de voto realizada pelo Instituto Paraná Pesquisas aponta para vitória de Jair Bolsonaro em todos os estados, em um possível confronto com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em 2022, na disputa pela presidência da República? Falso.

No site relativo à empresa não é possível encontrar dados que indicam a execução de aferimentos por estado, como consta na mensagem, compartilhada em grupos de WhatsApp e em outras redes sociais, como o Facebook.

O último levantamento feito pelo instituto foi divulgado no dia 07 deste mês e mostra que o capitão reformado venceria o petista no primeiro turno com uma diferença de apenas 3,4 % dos votos (32,7% contra 29,3). A sondagem foi encomendada pelo grupo Veja.

“[…] o presidente lidera nas quatro simulações de primeiro turno, com porcentuais que variam de 32,7% a 34,5% dos votos, sempre seguido de perto pelo petista. O mesmo contingente — 32,1% — diz que considera o seu governo ótimo ou bom. No segundo turno, ele está à frente dos principais rivais”, destacou a Revista Veja em reportagem publicada no dia 07 deste mês.

Foto: reprodução/Revista Veja

Em âmbito de estado, até o momento a empresa disponibilizou apenas os resultados de pesquisas eleitorais, para simular a disputa entre Bolsonaro e Lula, realizadas na Bahia e no Rio Grande do Sul: de forma individualizada. Os números revelados sobre os dois casos, diga-se de passagem, ajudam a confirmar que o levantamento divulgado nas redes sociais é falso.  

Se dependesse dos gaúchos, o atual presidente brasileiro venceria o pleito no primeiro turno com 30% das intenções de voto, contra 24,9% do ex-presidente. As informações foram retiradas pela nossa reportagem do endereço virtual do Paraná Pesquisas.

Na Bahia o cenário é diferente. Lula levaria a melhor, com 43,3% dos votos válidos, contra 24,6% de Jair Bolsonaro.

Na mensagem checada aqui pela nossa reportagem consta que o atual chefe do executivo brasileiro levaria a melhor com 69,39% de aprovação no Rio Grande do Sul e com 69,62% no estado da Bahia. Confira o conteúdo da mensagem falsa logo abaixo:

Pesquisa realizada hoje!
Paraná pesquisas registrado no TSE:
Bolsonaro Vence hoje em todos os estados, porque o povo quer que ele continue!


Acre: Bolsonaro 74,18 %


Alagoas:Bolsonaro 58,36%


Amapá: Bolsonaro 72,29%


Amazonas: Bolsonaro 66,18%


Bahia: Bolsonaro 69,62%


Ceará: Bolsonaro 67,46%


Distrito federal: Bolsonaro 71,25%


Espírito santo: Bolsonaro 80,70%


Goiás: Bolsonaro 77,25%


Maranhão: Bolsonaro 61,90%


Mato Grosso: Bolsonaro 60,36%


Mato Grosso Sul: Bolsonaro 54,55%


Minas:;Bolsonaro 62,81%


Pará: Bolsonaro 59,67%


Paraíba: Bolsonaro 60,91%
__
Paraná: Bolsonaro 67,88%


Pernambuco: Bolsonaro 68,09%


Piauí: Bolsonaro 65,71%


Rio Janeiro: Bolsonaro 69,72%


Rio Grande Norte:Bolsonaro 76,51%


Rio Grande Sul: Bolsonaro 69,39%


Rondônia Bolsonaro 69,85 %


Roraima: Bolsonaro 60,43%


Santa Catarina: Bolsonaro 82,41%


São Paulo: Bolsonaro 71,47%


Sergipe: Bolsonaro 61,13%


Tocantins: Bolsonaro 61,23%


COMPARTILHE E MOSTRE QUE O POVO CANSOU DE SER BESTA! PORQUÊ O POVO QUER RENOVAÇÃO !Se vc faz parte deste povo, confirme repassando a amigos essa aspiração de alguem honesto sentado na cadeira de presidente de um Brasil renovado ! Faça isso, e não se arrependerá. Tenho certeza.

Essa noticia não vai sair no Estadão, Folha, UOL, Facebook, Instagram, OGLOBO, JB, etc. TVs Globo, Band etc.

A COAR alerta que ao receber uma mensagem duvidosa, desconfie e não forneça seus dados antes de ter certeza de que é verdadeira. Qualquer dúvida nos contate pelo nosso WhatsApp (86) 99517-9773 ou pelo Instagram (@coarnoticias).

COAMOS: Montezuma não obteve nem a metade dos votos que Firmino registrou na última eleição?

O candidato do PSDB a prefeito de Teresina, Kleber Montezuma, obteve apoio necessário para garantir o segundo turno contra o emedebista Doutor Pessoa (MDB). A nova batalha acontece no próximo dia 29.

Foram 110.395 votos do tucano e 142.769 de Pessoa. Ou seja, Kleber não conseguiu nem a metade do sufrágio registrado a favor de Ciro Nogueira (Progressistas) na última eleição para o Senado, assim como afirma mensagem que circula em grupos de WhatsApp.

Votação para prefeito de Teresina 2020 (Foto: reprodução/TSE)

A informação dissipada, no entanto, é imprecisa, já que em outra parte destaca que o candidato tucano também não conseguiu nem a metade dos votos obtidos pelo correligionário Firmino Filho, atual prefeito de Teresina, na última disputa pelo comando do executivo teresinense.

Foto: reprodução/WhatsApp

De acordo com dados do Tribunal Superior Eleitoral, Firmino teve o apoio de 220.042 teresinenses em 2016. Em outras palavras, Montezuma obteve 374 votos a mais do que a metade da votação do colega de partido.

Votação para Senador pelo Piauí – 2018

Ciro Nogueira (Progressistas): 897.959

Marcelo Castro (MDB): 812.213

*Os dois foram eleitos.

Votação para prefeito de Teresina – 2016

Firmino Filho (PSDB): 220.042

Doutor Pessoa (PSD): 171.113

* Firmino venceu no primeiro turno.

Votação para prefeito de Teresina – 2020

Kleber Montezuma (PSDB): 110.395 votos

Doutor Pessoa (MDB): 142.769 votos

*O pleito foi para o segundo turno.

Caso você receba mensagens com informações duvidosas, questione e não compartilhe. Entre em contato conosco por meio do WhatsApp: (86) 99517-9773 ou pelo Instagram @coarnoticias.

Escrito por: Wanderson Camêlo

Referências da COAR:

Tribunal Superior Eleitoral

COAMOS: Imagem indica 12 vereadores de Teresina que votaram contra PL de climatização dos ônibus

Uma imagem que indica 12 vereadores que votaram contra instalação de ar-condicionado em ônibus do transporte público da capital piauiense ganhou as redes sociais recentemente. No conteúdo são citados 12 parlamentares com a seguinte frase: “Esses ‘queridos’ vereadores são contra ônibus com ar condicionado”.

Foto: reprodução/WhatsApp

Primeiro é necessário esclarecer que a montagem começou a circular por volta de 2016, quase um ano depois do projeto de lei, proposto pela vereadora Cida Santiago (PSD), entrar em pauta no parlamento municipal.  Em 2016, aliás, portais de notícias de Teresina chegaram a repercutir a fotomontagem. Além do portal Piauí, o Dia também publicou uma matéria onde mostra a repercussão de outra imagem com os vereadores citados na época. A página no Facebook Ratos na Política (a última postagem da página é de 2017) também criaram várias fotomontagens com os vereadores a respeito da votação dos mesmos contra a climatização dos ônibus de Teresina.

De fato, a proposta não contou com o aval da maioria do parlamento teresinense, mas nem todos os vereadores relacionados votaram contra. A exceção da lista foi a vereadora Graça Amorim, que pertencia ao PMB e hoje integra os quadros do Progressistas.  Em plenário ela foi a favor da aprovação da matéria, mas logo depois pediu vistas.

Diga-se de passagem, alguns dos citados não foram reeleitos, são eles: Ananias Carvalho, Tiago Vasconcelos, José Ferreira, e Celene Fernandes. Todos esses foram contra a proposta, assim como Valdemir Virgino (hoje no Progressistas), Levino de Jesus (Republicanos), Edson Melo (PSDB), Teresinha Medeiros (suplente e atualmente no PSL), Ricardo Bandeira (atualmente PSL), Jeová Alencar (PSDB; atual presidente da Câmara) e Luís André (agora filiado ao PSL).

Mais uma parte da mensagem que chama atenção é o fato do nome do vereador Waldemir Virgino estar grafado de forma errada. Foi escrito Waldemir Virgilio na montagem.

A matéria passou por votação no dia 28 de outubro de 2015.

Escrito por: Wanderson Camêlo

Caso você receba mensagens com informações duvidosas, questione e não compartilhe. Entre em contato conosco por meio do WhatsApp: (86) 99517-9773 ou pelo Instagram @coarnoticias.

Referências da COAR:

Câmara Municipal de Teresina

G1 Piauí

Piauí Hoje

Candidata a vereadora troca voto por sexo no Maranhão? Vários veículos do Norte e do Nordeste publicaram o conteúdo sem verificação

A COAR encontrou centenas de portais, TVs e rádios das regiões Norte e Nordeste do Brasil, inclusive de Minas Gerais, divulgando a seguinte matéria: Candidata troca voto por sexo com mais de 250 pessoas. Além dos veículos houve a divulgação de inúmeros perfis e páginas que publicaram o conteúdo sem verificação dos fatos. O Portal Meio Norte chegou a desmentir a informação, embora tenha publicado a matéria falsa três horas antes (o Portal já retirou do ar). No entanto não informou de onde a imagem se referia e se a personagem (na foto) de fato existe. A COAR apurou e conseguiu tais informações. A COAR reforça que é falsa a notícia de que uma candidata a vereadora foi presa por vender votos por sexo. Além disso, a COAR ressalta que é comum que uma mesma história ganhe versões diferentes. Confira abaixo os detalhes de nossa verificação:

O portal publicou uma falsa informação

O primeiro ponto que a COAR checou é nos detalhes da imagem. Atrás da suspeita presa há a logo da Polícia Civil do Estado do Rio Grande do Sul e não da Polícia Civil do Maranhão.

Segundo ponto é falsa a informação de imagem do ato de sexo juntamente com a imagem da suspeita presa, pois não se refere a mesma pessoa conforme publicado erroneamente pelo site Capital AM, de Manaus (AM). Vários portais de notícias publicaram a informação do Portal Capital AM sem verificação. Outro veículo que publicou e informou que coletou de outro portal foi o Jornal Folha do Sul Online, de Rondônia. O Portal Sete Lagoas (Minas Gerais) informou que a publicação vinha da Redação do AZB (não encontramos tal site supostamente jornalístico).

Terceira observação da COAR é que a imagem da suspeita em questão já foi publicada em uma matéria do Portal Zero Hora (também conhecido por ZH, maior jornal do Rio Grande do Sul, que editado em Porto Alegre), em 25 de janeiro de 2019. A suspeita de tráfico de drogas foi presa pela Polícia Civil e identificada como Amanda Frantz. Apesar da página Paralelo 30 Noticias Policiais ter publicado a notícia da prisão no dia 24 de janeiro de 2019. A COAR entrou em contato com o Departamento de Investigações sobre Narcóticos (DENARC) da Polícia Civil do Estado do Rio Grande do Sul para confirmar a informação, mas a direção não autorizou a confirmação dos dados da suspeita citada. “Em razão da nova Lei de Abuso de Autoridade, a Polícia Civil adotou como política a não divulgação da identidade de vítimas ou suspeitos” – informou a nota da Polícia Civil do Estado do Rio Grande do Sul por email.

A página Paralelo 30 Noticias Policiais publicou a notícia no dia 24 de janeiro de 2019 da prisão da suspeita de tráfico de drogas

No entanto, a mesma imagem foi divulgada nos meses de setembro e outubro por vários perfis e páginas como se a mulher (citada) tivesse sido presa por supostamente ter estuprado homens, o que não é verídico. As publicações foram feitas sem identificação de qualquer fonte ou local, sendo errôneos e desinformativos. A postagem de setembro de 2019 da página Porto Velho Noticias (Porto Velho, Rio Grande do Sul) teve quase dois milhões e meio de curtidas. A imagem foi usada novamente em 2019 com uma informação falsa e compartilhada quase seis mil vezes.

A postagem de setembro de 2019 da página Porto Velho Noticias (Porto Velho, Rio Grande do Sul) teve quase dois milhões e meio de usuários interagindo.

A COAR conseguiu identificar a mesma imagem no Facebook divulgada por inúmeras páginas e perfis de usuários com informações errôneas sobre o crime de fato cometido pela pessoa suspeita em questão.

Vários perfis publicaram o conteúdo, inclusive páginas policiais

Atualização da checagem – Após quase uma semana da checagem da COAR, o programa Alerta Nacional da RedeTV no dia 9 de novembro divulgou a mesma informação acreditando que era verdadeira, mas não procede. A COAR volta a repetir que é falsa a notícia de uma candidata a vereadora troca voto por sexo no Maranhão. O vídeo divulgado no canal do apresentador Sikera Júnior teve até o momento mais de 30 mil visualizações com a repercussão da notícia falsa.

Imagem e informações falsas são divulgadas em páginas do Facebook mesmo após a checagem da COAR. A imagem conta com a logo da 24ª Brigada Militar do RIo Grande do Sul. Confira a logo.

Confira o vídeo da nossa verificação:

Caso você receba mensagens com informações duvidosas, questione e não compartilhe. Entre em contato conosco por meio do WhatsApp: (86) 99517-9773 ou pelo Instagram @coarnoticias.

Escrito por: Marta Alencar

Referências da COAR:

Polícia Civil do Rio Grande do Sul

Zero Hora

Vídeo satírico com imagem de Fábio Abreu “carregado” nos braços do governador

O cenário atual é catastrófico devido à pandemia em todo o mundo, mas a disputa política não cessa mesmo assim. Um vídeo satírico sobre o secretário de segurança do Piauí e pré-candidato à Prefeitura de Teresina pelo Partido Liberal (PL), Fábio Abreu, “embalado” como criança nos braços de Wellington Dias (PT), vem sendo divulgado massivamente nas redes sociais. O conteúdo também parafraseia a fala de um personagem do saudoso humorista Chico Anysio, Armando Cascata, que ficou conhecido pelo bordão “Meu garoto”. O personagem era respondido com o bordão “meu pai-pai” pelo seu filho, Cascatinha, interpretado por Castrinho. 

Vídeo ironiza sobre um “suposto” apoio de Wellington Dias à candidatura de Fábio Abreu

No vídeo, o personagem Cascata celebra com tom debochado a importância de um “governador” ter um garotinho. “Garotinho por garotinho, eu tenho o meu”. A sátira do vídeo é que Fábio Abreu seria, ironicamente, o garotinho do governador Wellington Dias. O usuário – não identificado – que divulgou o vídeo também colocou uma mensagem questionando a competência do secretário, se referindo a ele como “secretário de insegurança”. 

Com a repercussão do vídeo, a COAR entrou em contato com o secretário Fábio Abreu, que ficou indignado com a sua imagem sendo exposta desta maneira, ainda mais com tom sarcástico. E ameaçou: “Todos os identificados serão presos”. Segundo ele, trata-se de uma quadrilha que age no sentido de difamar adversários políticos. 

Fábio Abreu é pré-candidato à Prefeitura de Teresina pelo Partido Liberal (PL). O Partido dos Trabalhadores (PT) tem um candidato próprio, o secretário de Cultura, Fábio Novo, embora o PL faça parte da base aliada, com o próprio Fábio Abreu ocupando o cargo de primeiro escalão no governo do petista. Ele pretende permanecer no cargo até junho. 

Escrito por: Igor Macêdo e Marta Alencar