Lázaro Barbosa escapou da Polícia em direção ao Piauí?

Mais um conteúdo impostor e com tom satírico é divulgado nas redes sociais e em grupos de WhatsApp sobre a fuga de Lázaro Barbosa de Sousa, suspeito de uma série de crimes no Distrito Federal e em Goiás. O criminoso é citado em vários memes na internet, no entanto, alguns levam desinformação também ao distorcerem conteúdos com a logo e com links falsos de sites jornalísticos.

Dessa vez o Portal G1 (O portal de notícias da Globo) foi alvo dessa desinformação. Onde um link falso informava que Lázaro estava vindo em direção ao Piauí. Ao clicar no link, o usuário é direcionado a um meme com o humorista Tiririca:

A COAR alerta que ao receber uma mensagem duvidosa, desconfie e não forneça seus dados antes de ter certeza de que é verdadeira. Qualquer dúvida nos contate pelo nosso WhatsApp (86) 99517-9773 ou pelo Instagram (@coarnoticias).

Escrito por: Marta Alencar

COAMOS: “Após live de Whindersson Nunes, o atual presidente rebate: ‘pelo menos não sou corno”

Indignado com o aumento do número de mortes causadas por Covid-19 no país, o humorista piauiense, Whindersson Nunes, que possui mais de 39 milhões de inscritos no YouTube, chegou a chamar o presidente da República, Jair Bolsonaro, de “satanás” e desejar a sua morte. Os comentários foram após o presidente ter dito que este “é o destino de todo mundo” se referindo às mortes no país durante a pandemia.

O humorista piauiense teceu o comentário diante do descaso do presidente

No dia 5 de junho, o humorista participou do Programa Conversa com Bial, na Globo, onde teceu um novo comentário contra as atitudes de Bolsonaro. O comentário inclusive se tornou um dos assuntos mais comentados entre os internautas.

“Que o Bolsonaro é um bosta, todo mundo já sabe. Eu não vou ficar repetindo que a água é molhada nem que o fogo queima, entendeu? Não vou ficar falando isso e quem quiser acreditar, que acredite, e quem não quiser, assiste aos meus vídeos e atura”.

Mas o assunto repercutiu tanto, que várias páginas no Instagram passaram a divulgar outro conteúdo, que seria supostamente uma resposta de Bolsonaro aos últimos comentários de Whindersson Nunes. A COAR fez um levantamento de 44 páginas somente no Instagram, que replicaram o conteúdo em 24h, além de perfis no Twitter e outras redes sociais que divulgaram o conteúdo sem verificá-lo. Segue abaixo:

Os perfis das páginas divulgaram um conteúdo do perfil “Globo das Notícia” no Twitter, que claramente faz satírica do G1 (Portal de Notícias da Globo). O perfil que conta com mais de 23 mil followers (seguidores) havia publicado no domingo (14), um texto onde mencionava que após a entrevista de Nunes ao programa do jornalista Pedro Bial, o presidente teria supostamente revidado a ofensa chamando o humorista de “corno”. No entanto, o texto era apenas uma brincadeira/paródia. Porém, muitas páginas creditaram como sendo verdadeira devido a imagem do logotipo do G1.

Diante da repercussão da paródia, o próprio humorista zombou da situação e comentou a seguinte mensagem no seu perfil no Twitter:

Memes, paródias e imitações publicadas com intuito de fazer humor, a COAR classifica como satírica quando percebe que há pessoas tomando-os por verdadeiros. Pois, as sátiras estão incluídas dentro do espectro de desinformação desenvolvido pela pesquisadora britânica Claire Wardle.

A COAR ressalta que ao receber uma mensagem duvidosa, desconfie e não forneça seus dados antes de ter certeza de que é verdadeira. Qualquer dúvida nos contate pelo nosso WhatsApp (86) 99517-9773 ou pelo Instagram (@coarnoticias).

Escrito por: Marta Alencar e Maria Luísa Araújo

Referências da COAR:

  1. Twitter “Globo das Notícas”
  2. Perfil do Whidersson Nunes no Instagram
  3. Site G1
  4. Site UOL