Faustão está internado na UTI de hospital com Covid-19? COAMOS boato

Fausto Corrêa da Silva, popularmente conhecido como Faustão, foi destaque em inúmeros noticiários e em grupos de WhatsApp nesta terça-feira (5), diante de um conteúdo que informava que ele estaria internado em estado grave no Hospital Albert Einstein. No entanto, a informação é falsa e o apresentador do ”Domingão do Faustão” está bem e em casa. A emissora Globo, onde Faustão trabalha, divulgou por meio de nota que o apresentador esteve em uma unidade de saúde nesta terça (5) para realização de procedimentos de rotina.

No Instagram, Luciana Cardoso, mulher de Faustão, publicou uma foto ao lado do apresentador desmentindo qualquer boato de que ele estaria internado em estado grave no hospital.

Foto: Reprodução/Instagram

Em anos anteriores, Faustão já foi alvo de outros boatos, inclusive um deles anunciava a sua morte.

A COAR ressalta que ao receber uma mensagem duvidosa, desconfie e não forneça seus dados antes de ter certeza de que é verdadeira. Qualquer dúvida nos contate pelo nosso WhatsApp (86) 99517-9773 ou pelo Instagram (@coarnoticias).

Escrito por: Marta Alencar

Referências da COAR:

Instagram

Extra

COAMOS: Petição solicita cassação da concessão da Globo

Em grupos de WhatsApp que a COAR acompanha, verificamos uma petição pública que solicita a cassação da concessão da Rede Globo por parte do presidente Jair Bolsonaro. A COAR checou o link pelo celular e verificou que o mesmo é falso.

Petição falsa circula novamente em grupos de WhatsApp

A COAR alerta que a petição não tem validade legal e vem sendo utilizada desde o ano passado por meio de vários links falsos para roubar dados dos usuários. Além disso, esses sites que pedem para compartilhar com amigos geralmente são produzidos por golpistas.

O site Boatos já havia feito a verificação do conteúdo em 2019 e ressaltado que os usuários não devem assinar esses sites que pedem a cassação da Globo, porque não possuem valor legal algum.

A COAR ressalta que ao receber uma mensagem duvidosa, desconfie e não forneça seus dados antes de ter certeza de que é verdadeira. Qualquer dúvida nos contate pelo nosso WhatsApp (86) 99517-9773 ou pelo Instagram (@coarnoticias).

Escrito por: Marta Alencar

Eleições nos EUA: Imagem de Guga Chacra chorando ao vivo está fora de contexto

A cobertura das eleições norte-americanas está gerando memes e sátiras, principalmente desinformativos. Um deles foi um vídeo em que Guga Chacra, jornalista da Globo News, chora ao vivo. A gravação é de participação no programa Manhattan Connection de março deste ano. O vídeo usado fora de contexto nas redes sociais é referente a um episódio em que Guga comentava as previsões sobre os impactos do novo coronavírus. No Twitter e em outras redes sociais, utilizaram a imagem manipulada do jornalista para afirmarem que o choro era uma reação a uma possível reeleição de Donald Trump nas eleições americanas. O Estadão Verifica foi um dos primeiros a desmentir e classificar o vídeo como fora de contexto.

Apoiadores de Donald Trump no Brasil continuam usando imagens desde ontem (4) do comentarista da GloboNews emocionado em coberturas anteriores para insinuar que o jornalista teria ficado triste com a vitória do presidente americano em estados onde Joe Biden poderia ser competitivo, como a Flórida e o Texas.

O jornalista comentou no Twitter a repercussão do assunto e desmentiu o vídeo fora de contexto

Ainda ontem (4), o jornalista Guga Chacra declarou que vai processar quem tirou cenas suas de contexto para informar que ele ficou emocionado com a apuração dos votos das eleições americanas.

Escrito por: Marta Alencar

Referências da COAR:

Estadão Verifica

Uol

Globo tem queda no ranking das marcas mais valiosas. COAMOS conteúdo desinformativo

Vários sites nacionais publicaram recentemente que as Organizações Globo tiveram queda em um ranking de marcas mais valiosas do mundo. Mas será que o conteúdo é realmente autêntico? Ou os portais não verificaram corretamente os dados sobre o ranking oficial?

Conteúdo divulgado na internet

As páginas replicaram conteúdos citando supostamente dados do IBope kantar  consolidados em reportagem no site Meio e Mensagem. Tais conteúdos abordavam que o Grupo Globo havia caído no ranking das marcas mais valiosas do mundo, inclusive apontando a terceira queda consecutiva do faturamento da organização;

Diante de tais informações, entramos em contato com a Kantar Ibope Media (integra a Kantar, líder global em dados, insights e consultoria) que informou que o ranking “BrandZ Top 50 Marcas Latino Americanas Mais Valiosas 2020” citam apenas países da América Latina, porém a avaliação é realizada por meio de algumas regras. Dentre elas, a empresa precisa ter capital aberto, ser exclusivamente brasileira ou com operação predominantemente no país em estudo.  Assim, a publicação (citada acima) apresenta dados imprecisos sobre o ranking do Kantar Ibope Media.

Entre as 60 marcas mais valiosas do Brasil citadas no ranking, as Organizações Globo ocupavam o 5º Lugar em 2019. Em 2020, as Organizações Globo caíram uma posição.

Ranking do Kantar Ibope Media (2019)

Neste ano, a Rede Globo ocupa a 6º posição (Tabela abaixo), registrando uma queda de 9% em relação ao seu valor de mercado obtido no ano passado. Além disso, a COAR ressalta que não é verdade que o ranking apresentado no título da postagem seja internacional. Dentro do ranking da América Latina, cita apenas as 60 marcas mais valiosas de cada país. Assim, os sites que replicaram o conteúdo, não explicaram corretamente os dados divulgados pelos Kantar no site Meio e Mensagem.

Ranking do Kantar Ibope Media (2020)

No site da Forbes, há a lista das 100 marcas mais valiosas do mundo, porém apenas dois canais de televisão aparecem ocupando a categoria de meios de comunicação, que são a FOX e ESPN.

Além disso, a COAR elenca os portais que citaram informações imprecisas sobre o assunto: 

  • Studiovideomax
  • Tribuna de ituvereva
  • Pleno News 
  • Terra Brasil Notícias 
  • Portal tucuma 

Escrito por: Danilo Kelvin 

Edição: Marta Alencar

Referências da COAR:

Meio e Mensagem

Forbes 

Dados obtidos pelo Ibope Kantar

É FALSO que repórter ataca filha de Bolsonaro e presidente reage. Dezenas de sites replicaram o conteúdo sem verificação

Vários sites, canais no Youtube e perfis no Facebook de extrema direta divulgaram a seguinte matéria: “Repórter ataca filha de Bolsonaro e presidente reage: “vontade de encher sua boca de porrada”. Diante da repercussão dos conteúdos em grupos, a COAR elencou dezenas de páginas que replicaram o conteúdo sem qualquer verificação dos fatos. Pois, o conteúdo é falso.

Foto: Marcos Corrêa/PR

Algumas páginas que replicaram o conteúdo: Site Terra Brasil Notícias; Blog Rota2014; Canal no Youtube Joaquim Gomes Direto de Brasília e Blog Atualize Notícias.

A verdade é que no domingo (23) ao se dirigir para a Catedral de Brasília, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) rodeado de manifestantes e repórteres foi questionado por um jornalista do “O Globo” sobre cheques no valor total de R$ 89 mil que teriam sido depositados entre 2011 e 2016 pelo ex-assessor Fabrício Queiroz e pela esposa dele, Márcia Aguiar, na conta da primeira-dama, Michelle Bolsonaro.

Diante do questionamento, Bolsonaro declarou que tinha vontade de agredir o jornalista. Ou seja, o repórter não questionou em nenhum momento sobre a filha do presidente.

A COAR alerta que, geralmente, textos maliciosos utilizam informações verdadeiras, mas fora de contexto no início (primeiros parágrafos) e em seguida distorce os dados e acrescenta informações falsas e sem fundamentação no restante do texto.

Escrito por: Marta Alencar

Referências da COAR:

Uol

Poder360

Jornalista da Globo critica nordestinos e os chama de pobres estúpidos?

O jornalista e comentarista dos programas EmPonto e Estúdioi da Globo News, Octavio Guedes, tem sido alvo de ataques de grupos de direita, que estão publicando vídeos, imagens e textos com a seguinte legenda: “Jornalista da Globo chama nordestinos de pobres estúpidos”.

Os conteúdos vêm sendo divulgados, inclusive em sites de notícias, perfis no Facebook e twittes no Piauí e em outros estados. Até o fechamento desta checagem, oito vídeos no Youtube semelhantes a esse criticava e distorcia a fala do jornalista. É interessante, inclusive notar que existem vídeos que repetem diversas vezes, a expressão dita pelo jornalista sem a pausa (vírgula) que ele diz no programa Em Ponto da Globo News.

No dia 14 de agosto, o jornalista comentava juntamente com a apresentadora Julia Duailibi, a pesquisa DataFolha. O estudo apresentado por ambos mostra que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) está com a melhor avaliação desde que começou o seu mandato e que 37% dos brasileiros consideram seu governo ótimo ou bom, ante 32% que o achavam na pesquisa anterior, feita em 23 e 24 de junho.

Ainda durante o programa, a apresentadora comentou que o auxílio emergencial foi importante para o aumento da popularidade de Bolsonaro na região Nordeste. Em seguida, o jornalista Octavio Augusto declarou o seguinte:

“Se eu fosse fazer uma manchete sobre isso seria: É o pobre, estúpido, que fez mudar o pêndulo. E é isso que vai se tornar ainda mais dramático, porque a pobreza vai aumentar. Teríamos mais aí gente dependente do governo. O Governo Bolsonaro sempre foi um governo que não teve afinidade com o pobre e nunca teve mesmo….No momento em que quem já era vulnerável está mais vulnerável agora por causa da pandemia. Então houve um encontro casual entre Bolsonaro e o pobre”.

A expressão citada pelo jornalista teve uma pausa no programa, ou seja, uma vírgula após a citação da palavra pobre. Em verificação do site Boatos, os fact-checkers mostram claramente que o uso da expressão é uma alusão a um bordão em inglês its (palavra em questão, stupid) em menção a recessão econômica que teve nos Estados Unidos na década de 90. O que de certa forma o jornalista claramente quis comparar com a situação econômica que vivencia o país neste momento da pandemia.

Durante uma participação ao programa Estúdioi no dia 4 de junho deste ano, Octavio Guedes fez uma crítica ao Governo Bolsonaro por não conhecer a realidade da população mais pobre e carente do país e que de fato necessita do Auxílio Emergencial.

“Quem tem conhecimento de pobres é o assistente social…Uma profissão que foi excluída pelo Governo Bolsonaro. Eles trataram esse auxílio (emergencial) como o maior projeto de bancarização do planeta…”

Escrito por: Marta Alencar

Referências da COAR:

Em Ponto

Boatos