Fundação Alimento Solidário está doando cestas básicas e vale-compras de R$ 50 reais?

Desinformações sobre doações de cestas básicas e vale-compras são cada vez mais frequentes e divulgadas em massa nas redes sociais. Uma delas é sobre um ENGANOSO CADASTRO no WhatsApp de cestas básicas e vale-compras da Fundação Alimento Solidário.

O primeiro ponto da desinformação é que não existe Fundação Alimento Solidário e sim Projeto Alimento Solidário, mas promovida pelo Governo de São Paulo e não pelo Governo Federal. Outro ponto da desinformação é que quando o usuário acessa a página, o suposto programa já tem outro nome (Cesta Básica Alimentar) e usa a bandeira do Brasil para manipular e passar a credibilidade de que é promovida pelo Governo Federal, o que não é verdade. O terceiro ponto da desinformação é que o usuário é convidado a preencher o cadastro e em seguida compartilhar o link para mais pessoas. Isso é um cadastro FALSO e promovido por golpistas. Não clique e não compartilhe!

O programa “Alimento Solidário” é uma iniciativa do Governo de São Paulo, por meio do Fundo Social do Estado. A iniciativa repassa cestas de alimentos para que as prefeituras façam a distribuição dos produtos às famílias inscritas do CadÚnico.

O segundo ponto é que o link disponibilizado na mensagem é enganoso, ou seja, criado por golpistas. O link do programa oficial é outro, mas a COAR revela que apenas o Governo de São Paulo promove o programa e que oferta apenas cestas básicas. O Governo de São Paulo não entrega vale-compra de R$ 50 para os inscritos.

A COAR alerta que ao receber uma mensagem duvidosa, desconfie e não forneça seus dados antes de ter certeza de que é verdadeira. Qualquer dúvida nos contate pelo nosso WhatsApp (86) 99517-9773 ou pelo Instagram (@coarnoticias).

Escrito por: Marta Alencar

COAMOS: Posts distorcem informações sobre vacina e poderio histórico da China

É comum encontrarmos na internet conteúdos que distorcem sobre a eficácia ou os testes das vacinas de Covid-19. Um recente divulgado em grupos de WhatsApp informa que o governo chinês preferiu usar a vacina da farmacêutica anglo-sueca AstraZeneca ao invés daquelas que estão sendo produzidas no próprio país. A informação não procede, pois um acordo feito pelo laboratório privado chinês Shenzhen Kangtai, em 6 de agosto, prevê a produção de ao menos 100 milhões de doses experimentais da vacina da AstraZeneca, desenvolvida em parceria com pesquisadores da Universidade de Oxford. Todavia, imunizantes chineses estão sendo testados e aplicados também no próprio país, como o da Sinovac. Além disso, a China já aplica o imunizante Coronavac em regime emergencial, enquanto Indonésia e Turquia anunciaram que começarão a imunização neste mês. Chile já tem acordo para a compra de 20 milhões de doses.

Post falso e com informações distorcidas

O imunizante também está sendo desenvolvido no Brasil, em parceria com o Instituto Butantan, que é ligado ao governo paulista. Em coletiva no dia 10 de dezembro, o governador João Doria confirmou o início da produção da vacina do Instituto Butantan contra o coronavírus. Conforme informações do Butantan, a capacidade de envase diário planejado para a vacina é entre 600 mil a um milhão de doses. O primeiro lote terá aproximadamente 300 mil doses. Até janeiro, 40 milhões de doses da vacina deverão ser produzidos no local.

Post em tom terrorista e confuso sobre a China

Outro post distorce mais uma vez a informação de que o governo chinês utiliza o vírus  SARS-CoV-2 para destruir nações e se fortalecer economicamente. O post com tom alarmista ainda compara a China ao governo de Adolf Hitlerna Segunda Guerra Mundial. É importante citar que Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da OMS, declarou que um grupo de especialistas internacionais realizou uma primeira reunião virtual com chineses, para investigar mais sobre o vírus no mundo. Em 5 de novembro, a OMS discretamente divulgou detalhes sobre sua missão em parceria com a China, descrita como um estudo global sobre as origens do SARS-CoV-2.

Além dessas informações distorcidas, outra bastante anunciada em grupos de WhatsApp informava que o vírus foi criado em um laboratório da China. A COAR checou por diversas vezes conteúdos que pregavam isso. No entanto, é muito improvável que esse vírus tenha sido gerado em laboratório. E também não é possível dizer de onde um vírus vem até a OMS relevar com base nessa pesquisa citada em parágrafo acima.

Leia mais: Covid-19 não é nome de vírus. É um plano internacional de controle e redução da população em 2020?

VACINA chinesa contra Covid-19 reduzirá a população mundial e mudará código genético? COAMOS conteúdo desinformativo na internet

A COAR ressalta que ao receber uma mensagem duvidosa, desconfie e não forneça seus dados antes de ter certeza de que é verdadeira. Qualquer dúvida nos contate pelo nosso WhatsApp (86) 99517-9773 ou pelo Instagram (@coarnoticias).

Escrito por: Marta Alencar

Referências da COAR:

Butantan

National Geographic Brasil

Uol

Americanas oferta 2.600 vagas de trabalho no período do Natal e Ano novo?

Uma mensagem propagada em perfis pessoais no Facebook e em grupos de WhatsApp no país informa que a Lojas Americanas está contratando 2.600 trabalhadores para o período do Natal e Ano Novo. A COAR checou a informação e notifica que é falsa e explica o porquê. No entanto, existem SIM vagas disponíveis, mas que não estão descritas na mensagem falsa em questão.

Leia mais: AMBEV está contratando 1.800 trabalhadores?

O primeiro ponto que a COAR destaca é que a mensagem falsa é semelhante a uma da Ambev, que ainda é divulgada erroneamente nas redes sociais. O segundo ponto é que o link fornecido na mensagem falsa não confere de forma alguma com o site dos Talentos Lasa (talentos.lasa.com.br), que informa sobre vagas disponíveis para quem está interessado em trabalhar na companhia Americanas. Terceiro ponto, a COAR entrou em contato com o site Talentos Lasa que informou o seguinte:

“Lojas Americanas certifica que a informação em questão é falsa. A companhia disponibiliza oportunidades de emprego em seus perfis oficiais nas redes sociais.”

O site Gupy (realiza recrutamentos de candidatos para empresas) informa as seguintes vagas disponíveis para a companhia:

Não encontrou uma vaga com seu perfil? Deixe seu currículo aqui! 2Rio de Janeiro/RJBanco de talentos
Programa Supervisor do Varejo (Alfenas – MG)Alfenas/MGEfetivo
Programa Supervisor do Varejo (Belém – PA)Belém/PAEfetivo
Programa Supervisor do Varejo (Belo Horizonte – MG)Belo Horizonte/MGEfetivo
Programa Supervisor do Varejo (Boa Vista – RR)Boa Vista/RREfetivo
Programa Supervisor do Varejo (Carapicuíba – SP)Carapicuíba/SPEfetivo
Programa Supervisor do Varejo (Caratinga – MG)Caratinga/MGEfetivo
Programa Supervisor do Varejo (Contagem – MG)Contagem/MGEfetivo
Programa Supervisor do Varejo (Duque de Caxias – RJ)Duque de Caxias/RJEfetivo
Programa Supervisor do Varejo (Formiga – MG)Formiga/MGEfetivo
Programa Supervisor do Varejo (Ipatinga – MG)Ipatinga/MGEfetivo
Programa Supervisor do Varejo (Itarema – CE)Itarema/CEEfetivo
Programa Supervisor do Varejo (Manaus – AM)Manaus/AMEfetivo
Programa Supervisor do Varejo (Manhuaçu – MG)Manhuaçu/MGEfetivo
Programa Supervisor do Varejo (Matozinhos – MG)Matozinhos/MGEfetivo
Programa Supervisor do Varejo (Montes Claros – MG)Montes Claros/MGEfetivo
Programa Supervisor do Varejo (Niterói – RJ)Niterói/RJEfetivo
Programa Supervisor do Varejo (Paracatu – MG)Paracatu/MGEfetivo
Programa Supervisor do Varejo (Pará de Minas – MG)Pará de Minas/MGEfetivo
Programa Supervisor do Varejo (Paraty – RJ)Paraty/RJEfetivo
Programa Supervisor do Varejo (Passo Fundo – RS)Passo Fundo/RSEfetivo
Programa Supervisor do Varejo (Pau dos Ferros – RN)Pau dos Ferros/RNEfetivo
Programa Supervisor do Varejo (Porto Velho – RO)Porto Velho/ROEfetivo
Programa Supervisor do Varejo (Rio Branco – AC)Rio Branco/ACEfetivo
Programa Supervisor do Varejo (Rio das Ostras- RJ)Rio das Ostras/RJEfetivo
Programa Supervisor do Varejo (Rio de Janeiro – RJ)Rio de Janeiro/RJEfetivo
Programa Supervisor do Varejo (Rosário do Sul – RS)Rosário do Sul/RSEfetivo
Programa Supervisor do Varejo (Russas – CE)Russas/CEEfetivo
Programa Supervisor do Varejo (São Gabriel – RS)São Gabriel/RSEfetivo
Programa Supervisor do Varejo (São Paulo – SP)São Paulo/SPEfetivo
Programa Supervisor do Varejo (Sete Lagoas – MG)Sete Lagoas/MGEfetivo
Programa Supervisor do Varejo (Teófilo Otoni – MG)Teófilo Otoni/MGEfetivo
Programa Supervisor do Varejo (Teotônio Vilela – AL)Teotônio Vilela/ALEfetivo
Programa Supervisor do Varejo (Teresópolis – RJ)Teresópolis/RJEfetivo
Programa Supervisor do Varejo (Uberaba – MG)Paracatu/MGEfetivo
Programa Supervisor do Varejo (Uberlândia – MG)Uberlândia/MGEfetivo
Programa Supervisor do Varejo (Viçosa – MG)Viçosa/MGEfetivo
Programa Supervisor do Varejo (Vitória – ES)Vitória/ESEfetivo
Vaga Banco: Programa Supervisor do Varejo (Acre)Rio Branco/ACBanco de talentos
Vaga Banco: Programa Supervisor do Varejo (Alagoas)Maceió/ALBanco de talentos
Vaga Banco: Programa Supervisor do Varejo (Amapá)Macapá/APBanco de talentos
Vaga Banco: Programa Supervisor do Varejo (Amazonas)Manaus/AMBanco de talentos
Vaga Banco: Programa Supervisor do Varejo (Bahia)Salvador/BABanco de talentos
Vaga Banco: Programa Supervisor do Varejo (Ceará)Fortaleza/CEBanco de talentos
Vaga Banco: Programa Supervisor do Varejo (Distrito Federal)Brasília/DFBanco de talentos
Vaga Banco: Programa Supervisor do Varejo (Espírito Santo)Vitória/ESBanco de talentos
Vaga Banco: Programa Supervisor do Varejo (Goiás)Goiânia/GOBanco de talentos
Vaga Banco: Programa Supervisor do Varejo (Maranhão)São Luís/MABanco de talentos
Vaga Banco: Programa Supervisor do Varejo (Mato Grosso)Cuiabá/MTBanco de talentos
Vaga Banco: Programa Supervisor do Varejo (Mato Grosso do Sul)Campo Grande/MSBanco de talentos
Vaga Banco: Programa Supervisor do Varejo (Minas Gerais)Belo Horizonte/MGBanco de talentos
Vaga Banco: Programa Supervisor do Varejo (Pará)Belém/PABanco de talentos
Vaga Banco: Programa Supervisor do Varejo (Paraíba)João Pessoa/PBBanco de talentos
Vaga Banco: Programa Supervisor do Varejo (Paraná)Curitiba/PRBanco de talentos
Vaga Banco: Programa Supervisor do Varejo (Pernambuco)Recife/PEBanco de talentos
Vaga Banco: Programa Supervisor do Varejo (Piauí)Teresina/PIBanco de talentos
Vaga Banco: Programa Supervisor do Varejo (Rio de Janeiro)Rio de Janeiro/RJBanco de talentos
Vaga Banco: Programa Supervisor do Varejo (Rio Grande do Norte)Natal/RNBanco de talentos
Vaga Banco: Programa Supervisor do Varejo (Rio Grande do Sul)Porto Alegre/RSBanco de talentos
Vaga Banco: Programa Supervisor do Varejo (Rondônia)Porto Velho/ROBanco de talentos
Vaga Banco: Programa Supervisor do Varejo (Roraima)Boa Vista/RRBanco de talentos
Vaga Banco: Programa Supervisor do Varejo (Santa Catarina)Florianópolis/SCBanco de talentos
Vaga Banco: Programa Supervisor do Varejo (São Paulo)São Paulo/SPBanco de talentos
Vaga Banco: Programa Supervisor do Varejo (Sergipe)Aracaju/SEBanco de talentos
Vaga Banco: Programa Supervisor do Varejo (Tocantins)Palmas/TOBanco de talentos
Vaga Banco: Programa VEM SER LASA [Estágio] 2Rio de Janeiro/RJEstágio

Escrito por: Marta Alencar

Caso você receba mensagens com informações duvidosas, questione e não compartilhe. Entre em contato conosco por meio do WhatsApp: (86) 99517-9773 ou pelo Instagram @coarnoticias.

Referências da COAR:

Talentos Lasa

VERDADEIRO: Pedido de empréstimo do Governo do Piauí de R$ 1 bilhão junto ao Banco do Brasil

Apesar da informação ter circulado em vários portais locais sobre o Projeto de Lei Ordinária (PLO) 07/2020 que trata sobre a obtenção de empréstimo de até R$ 1 bilhão pelo Governo do Piauí junto ao Banco do Brasil com o aval, bem como do Projeto de Lei Ordinária (PLO) 08/2020 que dispõe sobre a realização de operação de crédito com o Banco Regional de Brasília (BRB) no valor de R$ 83 milhões, alguns leitores da COAR questionaram a veracidade da informação. Apesar das dúvidas, a informação é autêntica.

Ontem (6), a Assembleia Legislativa realizou, durante sessão virtual, a leitura de Projetos de Lei do Executivo. Na leitura, foi enfatizado a proposta do governador Wellington Dias (PT) de utilizar os recursos  para investimentos nas áreas da saúde, segurança e infraestrutura básica, incluindo no combate aos efeitos da pandemia do coronavírus no Piauí.

Também, foi lido o Projeto de Lei Ordinária 09/2020 que trata de um aditivo de até 100 milhões de dólares a empréstimo obtido pelo Governo do Estado junto ao BIRD (Banco Interamericano de Reconstrução e Desenvolvimento). Após a leitura, os Projetos de Lei serão analisados pelas comissões técnicas da Assembleia Legislativa, incluindo as Comissões de Constituição e Justiça e de Fiscalização e Controle, Finanças e Tributação. A votação em plenário somente ocorrerá após a Semana Santa.

Muitos críticos questionam justamente os valores de empréstimos defendidos pelo governador Wellington Dias, já que o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), solicita um empréstimo de US$ 100 milhões (valor que supera R$ 500 milhões) ao Banco Mundial para estruturar ações de combate ao coronavírus.

No caso, Doria afirma que os recursos serão destinados para construção de novos leitos de UTI e compra de testes, já que o governo projeta 220 mil casos em São Paulo. Enquanto no Piauí não há projeções de casos. Embora, em várias entrevistas, o governador Wellington Dias ressalte que o Estado possa ter mais casos de pessoas infectadas com coronavírus do que o número de casos confirmados pela Secretaria de Saúde do Piauí (Sesapi). 

Escrito por: Marta Alencar