Sátira: Imagem do criminoso Lázaro Barbosa de Sousa com Lula é divulgada em grupos de WhatsApp

É frequente encontrarmos na internet imagens que viralizam com conteúdos sátiros sobre políticos no país, incluindo o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, Lula, do Partido dos Trabalhadores (PT). A mais recente é do ex-presidente ao lado de Lázaro Barbosa de Sousa, 32 anos, que vem realizando uma série de ataques em casa e chácaras e matou quatro pessoas de uma mesma família. Nas redes sociais, o suspeito é popularizado como ‘serial killer de Brasília’.

A imagem é questão (abaixo) é manipulada e não condiz com a verdade, não passando de sátira com tom de deboche sobre a real situação do criminoso.

Foto/Reprodução WhatsApp

A verdadeira imagem condiz com o ex-presidente Lula ao lado do ex-candidato a prefeito de São Paulo Guilherme Boulos (Psol).

Lula declara apoio a Boulos em São Paulo para 'restabelecer democracia no  Brasil' | Política: Diario de Pernambuco
Foto: Ricardo Stuckert/Divulgação

A foto é de 2018 e feita durante uma convocação geral do PT em São Bernardo do Campo, após o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública,  Sergio Moro, determinar a prisão de Lula quando exercia o cargo de juiz. O ato, convocado pelo Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, reuniu cerca de 5000 pessoas, de acordo com o sindicado, e várias figuras famosas da política brasileira, como a ex-presidente Dilma Rousseff e a presidente do PT Gleisi Hoffmann.

Luiz Marinho, Gleisi Hoffmann, Lula, Dilma e Boulos em São Bernardo. Foto: Reprodução/Brasil de Fato

A COAR alerta que ao receber uma mensagem duvidosa, desconfie e não forneça seus dados antes de ter certeza de que é verdadeira. Qualquer dúvida nos contate pelo nosso WhatsApp (86) 99517-9773 ou pelo Instagram (@coarnoticias).

Escrito por: Marta Alencar

Eleições 2020: Sátiras e paródias marcam disputam acirrada entre candidatos a Prefeitura de Teresina, além de narrativas desinformativas

Parecem apenas brincadeiras, sejam memes, figuras ou vídeos, as sátiras e paródias políticas direcionadas aos candidatos a Prefeitura de Teresina, se tornaram protagonistas da eleição municipal. A maior preocupação da COAR e assim como de todas as iniciativas de fact-checking é alertar os usuários que acreditam em algumas dessas inúmeras sátiras e paródias com narrativas desinformativas.

Conforme os pesquisadores Claire Wardle e Hossein Derakhshan alertam que sátiras e paródias mesmo não tendo nenhuma intenção de causar danos, elas têm potencial para enganar. A razão pela qual a sátira é uma ferramenta tão poderosa na desordem informacional é que muitas vezes as primeiras pessoas a vê-la entendem-na como tal. Porém, à medida que é compartilhada novamente, mais pessoas perdem a conexão com a mensagem original e não conseguem entendê-la como sátira.

Embora algumas das sátiras de Teresina tenham certo teor de veracidade, constatamos entre centenas que monitoramos diariamente nas redes sociais, que elas são também grandes ferramentas para denegrir a imagem de adversários políticos e partidos, inclusive a maioria é abordada com “humor bastante ácido”. Confira algumas das sátiras que constatamos na internet:

Caso você receba mensagens com informações duvidosas, questione e não compartilhe. Entre em contato conosco por meio do WhatsApp: (86) 99517-9773 ou pelo Instagram @coarnoticias.

Escrito por: Marta Alencar